Jump to content

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 04/26/2019 in all areas

  1. 4 points
    Pessoal, boa tarde!! Fiz um script para consultar esses dados via banco, acho que fica mais fácil e da até para montar alguns joins !! Tabela: ZTABELASTAF ZTABELASTAF.rar
  2. 1 point
    ola a todos Trabalho em uma empresa na area de suporte e redes, temos um consultor de rm que vem aqui 3 vezes por semana. e meu primeiro contato com o RM está sendo agora. A diretoria está querendo que eu me aprofunde mais no sistema RM para nao depender tanto do consultor principalmente nos dias que ele nao vem. gostaria de saber por onde começar pra dominar sistema principalmente no nucleos, ate agora sei apenas o basico como criar usuarios, dar permissoes, agenda relatorios, .. percebo que o consultor fica meio relutante em me dar umas dicas pois até entendo , talves por medo de perder algumas horas de consultoria., Fiz um treinamento de totvs reports na totvs mas achei pessimo o curso, bem basicao mesmo até parece que nao querem ensinar tudo pra nao perder consultoria depois. Primeiro sei que tenho que me aprofundar meus conhecimentos em SQL, tenho um pouco de dificuldade de saber quais as principais tabelas do sistema, pelo menos no nucleos me parece que gira tudo em volta da tmov,, no fluxos na flan. ouço o consultor falar em parametrizaçoes de movimentos, formula visual mas nao manjo nada disso. Gostaria de saber se alguem tem tipo um roteiro do que tenho que saber, nao para ser um consultor , mas pelo menos me virar. Treinamentos na totvs nao quero fazer pois se for no mesmo nivel do meu curso de totvs reports é jogar dinheiro fora, alem de ser muito caro agradeço
  3. 1 point
    Omar, boa tarde! Muito obrigado pelas dicas, vou começar a implementar já nessa semana, agradeço mesmo vai poupar um bom trabalho e vai servir de inspiração para outras views. Ao passo que evoluir vou compartilhando com o forum. abraços
  4. 1 point
    Bom dia. Eu crio views no banco de dados e puxo destas views para o Power BI. Alguns abaixo: 1. Absenteismo: SELECT DISTINCT dbo.PFUNC.CODCOLIGADA, dbo.GCOLIGADA.NOME AS COLIGADA, dbo.PFUNC.NOME AS FUNCIONARIO, RIGHT(LEFT(dbo.PFUNC.CODSECAO, 6), 3) AS CODSECAO, dbo.PSECAO.DESCRICAO AS SECAO, dbo.PFFINANC.REF AS FALTAS, dbo.PFFINANC.MESCOMP AS MES, dbo.PFFINANC.ANOCOMP AS ANO, dbo.PFFINANC.DTPAGTO, UPPER(dbo.PSECAO.CIDADE) AS FILIAL, dbo.PFUNCAO.NOME AS FUNCAO FROM dbo.PFUNC WITH (NOLOCK) INNER JOIN dbo.GCOLIGADA WITH (NOLOCK) ON dbo.PFUNC.CODCOLIGADA = dbo.GCOLIGADA.CODCOLIGADA INNER JOIN dbo.GFILIAL WITH (NOLOCK) ON dbo.PFUNC.CODCOLIGADA = dbo.GFILIAL.CODCOLIGADA INNER JOIN dbo.PSECAO WITH (NOLOCK) ON dbo.GFILIAL.CODCOLIGADA = dbo.PSECAO.CODCOLIGADA AND dbo.PFUNC.CODSECAO = dbo.PSECAO.CODIGO AND dbo.PFUNC.CODSECAO = dbo.PSECAO.CODIGO AND dbo.GFILIAL.CODFILIAL = dbo.PSECAO.CODFILIAL INNER JOIN dbo.PFFINANC WITH (NOLOCK) ON dbo.PFUNC.CODCOLIGADA = dbo.PFFINANC.CODCOLIGADA AND dbo.PFUNC.CHAPA = dbo.PFFINANC.CHAPA INNER JOIN dbo.PEVENTO WITH (NOLOCK) ON dbo.PFFINANC.CODEVENTO = dbo.PEVENTO.CODIGO INNER JOIN dbo.PFUNCAO WITH (NOLOCK) ON dbo.PFUNC.CODCOLIGADA = dbo.PFUNCAO.CODCOLIGADA AND dbo.PFUNC.CODFUNCAO = dbo.PFUNCAO.CODIGO AND dbo.GCOLIGADA.CODCOLIGADA = dbo.PFUNCAO.CODCOLIGADA WHERE ( dbo.PEVENTO.CODIGOCALCULO = 8 ) 2. Saida Funcionários: SELECT TOP (100) PERCENT dbo.GCOLIGADA.NOME AS COLIGADA, dbo.PSECAO.DESCRICAO AS SECAO, dbo.PFUNCAO.NOME AS FUNCAO, COUNT(dbo.PFUNC.CHAPA) AS QUANTIDADE_DEMISSOES, DATEPART(MM, dbo.PFUNC.DATADEMISSAO) AS MES, DATEPART(YEAR, dbo.PFUNC.DATADEMISSAO) AS ANO, dbo.PSECAO.CIDADE AS FILIAL, dbo.PFUNC.DATADEMISSAO, dbo.PFUNC.CODSECAO FROM dbo.PFUNC WITH (NOLOCK) INNER JOIN dbo.GCOLIGADA WITH (NOLOCK) ON dbo.PFUNC.CODCOLIGADA = dbo.GCOLIGADA.CODCOLIGADA INNER JOIN dbo.PSECAO WITH (NOLOCK) ON dbo.GCOLIGADA.CODCOLIGADA = dbo.PSECAO.CODCOLIGADA AND dbo.PFUNC.CODSECAO = dbo.PSECAO.CODIGO INNER JOIN dbo.PFUNCAO WITH (NOLOCK) ON dbo.GCOLIGADA.CODCOLIGADA = dbo.PFUNCAO.CODCOLIGADA AND dbo.PFUNC.CODFUNCAO = dbo.PFUNCAO.CODIGO WHERE (dbo.PFUNC.DATADEMISSAO IS NOT NULL) GROUP BY dbo.GCOLIGADA.NOME, dbo.PSECAO.DESCRICAO, dbo.PFUNCAO.NOME, DATEPART(MM, dbo.PFUNC.DATADEMISSAO), DATEPART(YEAR, dbo.PFUNC.DATADEMISSAO), dbo.PSECAO.CIDADE, dbo.PFUNC.DATADEMISSAO, dbo.PFUNC.CODSECAO ORDER BY DATEPART(MONTH, dbo.PFUNC.DATADEMISSAO) 3. Entrada Funcionário: SELECT dbo.FN_FORMATAR_TEXTO(REPLACE(dbo.GCOLIGADA.NOME, '/', '')) AS COLIGADA, dbo.PFUNC.CODSECAO, dbo.PSECAO.DESCRICAO AS SECAO, dbo.PFUNCAO.NOME AS FUNCAO, COUNT(DISTINCT dbo.PFUNC.CHAPA) AS QUANTIDADE_ADMISSOES, DATEPART(MM, dbo.PFUNC.DATAADMISSAO) AS MES, DATEPART(YEAR, dbo.PFUNC.DATAADMISSAO) AS ANO, dbo.PSECAO.CIDADE AS FILIAL, dbo.PFUNC.DATAADMISSAO, dbo.GCOLIGADA.CODCOLIGADA FROM dbo.PFUNC WITH (NOLOCK) INNER JOIN dbo.GCOLIGADA WITH (NOLOCK) ON dbo.PFUNC.CODCOLIGADA = dbo.GCOLIGADA.CODCOLIGADA INNER JOIN dbo.PSECAO WITH (NOLOCK) ON dbo.GCOLIGADA.CODCOLIGADA = dbo.PSECAO.CODCOLIGADA AND dbo.PFUNC.CODSECAO = dbo.PSECAO.CODIGO INNER JOIN dbo.PFUNCAO WITH (NOLOCK) ON dbo.PSECAO.CODCOLIGADA = dbo.PFUNCAO.CODCOLIGADA AND dbo.PFUNC.CODFUNCAO = dbo.PFUNCAO.CODIGO GROUP BY dbo.GCOLIGADA.NOME, dbo.PFUNC.CODSECAO, dbo.PSECAO.DESCRICAO, dbo.PFUNCAO.NOME, DATEPART(MM, dbo.PFUNC.DATAADMISSAO), DATEPART(YEAR, dbo.PFUNC.DATAADMISSAO), dbo.PSECAO.CIDADE, dbo.PFUNC.DATAADMISSAO, dbo.GCOLIGADA.CODCOLIGADA 4. Folha Completa: SELECT dbo.GCOLIGADA.NOME AS COLIGADA, dbo.PFUNC.CODCOLIGADA, dbo.PFUNC.CHAPA, dbo.PFUNC.CODFILIAL, dbo.PFUNC.NOME AS NOMEFUNCIONARIO, dbo.PFUNC.SALARIO, RIGHT(LEFT(dbo.PFUNC.CODSECAO, 6), 3) AS CODSECAO, dbo.PFUNC.CODHORARIO, dbo.AHORARIO.DESCRICAO, dbo.PSECAO.DESCRICAO AS SECAO, dbo.PFUNC.CODSITUACAO, dbo.PFUNCAO.NOME AS FUNCAO, dbo.PEVENTO.PROVDESCBASE AS PDB, dbo.PEVENTO.DESCRICAO AS EVENTO, dbo.PFFINANC.ANOCOMP AS ANO, dbo.PFFINANC.MESCOMP AS MES, dbo.PFFINANC.HORA, dbo.PFFINANC.NROPERIODO, CASE WHEN PEVENTO.PROVDESCBASE = 'B' THEN PFFINANC.VALOR * 0 WHEN PEVENTO.PROVDESCBASE = 'D' THEN PFFINANC.VALOR * - 1 WHEN PEVENTO.PROVDESCBASE = 'P' THEN PFFINANC.VALOR END AS VALOR, dbo.PFCOMPL.ADM, dbo.PFCOMPL.ADOB, dbo.PFFINANC.DTPAGTO, dbo.PSECAO.CIDADE AS FILIAL, dbo.PFFINANC.CODEVENTO FROM dbo.PEVENTO WITH (NOLOCK) INNER JOIN dbo.PFFINANC WITH (NOLOCK) ON dbo.PEVENTO.CODCOLIGADA = dbo.PFFINANC.CODCOLIGADA AND dbo.PEVENTO.CODIGO = dbo.PFFINANC.CODEVENTO INNER JOIN dbo.PFUNC WITH (NOLOCK) INNER JOIN dbo.PSECAO WITH (NOLOCK) ON dbo.PFUNC.CODCOLIGADA = dbo.PSECAO.CODCOLIGADA AND dbo.PFUNC.CODSECAO = dbo.PSECAO.CODIGO INNER JOIN dbo.PFUNCAO WITH (NOLOCK) ON dbo.PFUNC.CODCOLIGADA = dbo.PFUNCAO.CODCOLIGADA AND dbo.PFUNC.CODFUNCAO = dbo.PFUNCAO.CODIGO INNER JOIN dbo.GCOLIGADA WITH (NOLOCK) ON dbo.PFUNC.CODCOLIGADA = dbo.GCOLIGADA.CODCOLIGADA AND dbo.PFUNCAO.CODCOLIGADA = dbo.GCOLIGADA.CODCOLIGADA AND dbo.PSECAO.CODCOLIGADA = dbo.GCOLIGADA.CODCOLIGADA ON dbo.PFFINANC.CODCOLIGADA = dbo.PFUNC.CODCOLIGADA AND dbo.PFFINANC.CHAPA = dbo.PFUNC.CHAPA AND dbo.PFFINANC.CODCOLIGADA = dbo.GCOLIGADA.CODCOLIGADA AND dbo.PEVENTO.CODCOLIGADA = dbo.GCOLIGADA.CODCOLIGADA INNER JOIN dbo.AHORARIO WITH (NOLOCK) ON dbo.PFUNC.CODHORARIO = dbo.AHORARIO.CODIGO AND dbo.GCOLIGADA.CODCOLIGADA = dbo.AHORARIO.CODCOLIGADA INNER JOIN dbo.PFCOMPL WITH (NOLOCK) ON dbo.PFUNC.CHAPA = dbo.PFCOMPL.CHAPA AND dbo.PFUNC.CODCOLIGADA = dbo.PFCOMPL.CODCOLIGADA WHERE (dbo.AHORARIO.CODCOLIGADA = dbo.AHORARIO.CODCOLIGADA) AND (dbo.PFFINANC.ANOCOMP >= 2015) AND (dbo.PEVENTO.PROVDESCBASE <> 'B') 5. Hora Extra: SELECT DISTINCT dbo.GCOLIGADA.NOME AS COLIGADA, dbo.PFUNC.NOME AS FUNCIONARIO, RIGHT(LEFT(dbo.PFUNC.CODSECAO, 6), 3) AS CODSECAO, dbo.PSECAO.DESCRICAO AS SECAO, dbo.PFFINANC.REF AS EXTRA, dbo.PFFINANC.MESCOMP AS MES, dbo.PFFINANC.ANOCOMP AS ANO, dbo.PFFINANC.DTPAGTO, dbo.PSECAO.CIDADE AS FILIAL, dbo.PFUNCAO.NOME AS FUNCAO FROM dbo.PFUNC WITH (NOLOCK) INNER JOIN dbo.GCOLIGADA WITH (NOLOCK) ON dbo.PFUNC.CODCOLIGADA = dbo.GCOLIGADA.CODCOLIGADA INNER JOIN dbo.GFILIAL WITH (NOLOCK) ON dbo.PFUNC.CODCOLIGADA = dbo.GFILIAL.CODCOLIGADA INNER JOIN dbo.PSECAO WITH (NOLOCK) ON dbo.GFILIAL.CODCOLIGADA = dbo.PSECAO.CODCOLIGADA AND dbo.PFUNC.CODSECAO = dbo.PSECAO.CODIGO AND dbo.PFUNC.CODSECAO = dbo.PSECAO.CODIGO AND dbo.GFILIAL.CODFILIAL = dbo.PSECAO.CODFILIAL INNER JOIN dbo.PFFINANC WITH (NOLOCK) ON dbo.PFUNC.CODCOLIGADA = dbo.PFFINANC.CODCOLIGADA AND dbo.PFUNC.CHAPA = dbo.PFFINANC.CHAPA INNER JOIN dbo.PEVENTO WITH (NOLOCK) ON dbo.PFFINANC.CODEVENTO = dbo.PEVENTO.CODIGO INNER JOIN dbo.PFUNCAO ON dbo.PFUNC.CODCOLIGADA = dbo.PFUNCAO.CODCOLIGADA AND dbo.PFUNC.CODFUNCAO = dbo.PFUNCAO.CODIGO AND dbo.GCOLIGADA.CODCOLIGADA = dbo.PFUNCAO.CODCOLIGADA WHERE (dbo.PEVENTO.CODIGO = '0054') OR (dbo.PEVENTO.CODIGO = '0055') OR (dbo.PEVENTO.CODIGO = '0191') OR (dbo.PEVENTO.CODIGO = '0372') 6. Faixas Salariais: SELECT TOP (100) PERCENT A.CHAPA, A.NOME, B.NOME AS funcao, A.SALARIO, CASE WHEN SALARIO < 1000 THEN '< 1000' WHEN SALARIO >= 1000 AND salario < 2000 THEN 'De 1000 a 2000' WHEN SALARIO >= 2000 AND salario < 3000 THEN 'De 2000 a 3000' WHEN SALARIO >= 3000 AND salario < 5000 THEN 'De 3000 a 5000' WHEN SALARIO >= 5000 AND salario < 10000 THEN 'De 5000 a 10000' ELSE '> 10000' END AS [Faixa Salarial] FROM dbo.PFUNC AS A INNER JOIN dbo.PFUNCAO AS B ON A.CODCOLIGADA = B.CODCOLIGADA AND A.CODFUNCAO = B.CODIGO WHERE (A.CODSITUACAO <> 'D') AND (A.CODSITUACAO <> 'I') ORDER BY A.SALARIO
  5. 1 point
    Cara, não precisa de FV. É só configurar para não aceitar saldo zero, e já coloca pra afetar o saldo no 2.1.01. Se quiser controlar o que está no 2.1.01, e ainda não saiu efetivamente, aumenta um outro saldo ( Saldo de Req. Materiais ) e ao faturar, para a saída final 2.2.10 por exemplo, ele não fica mais pendente de sair, e já zera o Saldo de Req. Materiais.
  6. 1 point
    Bom dia, Eu uso essa fórmula para cálculo de dias de aviso prévio: DECL DiasAteDem,DataProj,TCASA2; SE TABFUNC ('TIPODEMISSAO' ,'S')='V' ENTAO SETVAR(DiasAteDem,(MAX(30,MIN(90,((TCASA)*3)+30)))); SETVAR(DataProj,(DTD+DiasAteDem)); SETVAR(TCASA2,TCASA); MAX(30,MIN(90,((TCASA2)*3)+30))/2 SENAO SETVAR(DiasAteDem,(MAX(30,MIN(90,((TCASA)*3)+30)))); SETVAR(DataProj,(DTD+DiasAteDem)); SETVAR(TCASA2,TCASA); MAX(30,MIN(90,((TCASA2)*3)+30)) Esse fórmula deve ser cadastrada no sindicato. Após isso, sempre que for calcular uma rescisão, basta executar a fórmula de aviso prévio. Quanto à estabilidade, o sistema gera automaticamente para afastamento por acidente de trabalho e CIPA. Você pode consultar essa estabilidade em "Pendências demissionais" no cadastro do empregado. Além disso, ao tentar demitir um empregado com estabilidade o sistema emitirá aviso, informando que aquele empregado possui estabilidade. O sistema apenas alerta sobre a estabilidade, mas permite que você continue a rescisão. Espero ter ajudado. Filipe Pimenta
  7. 1 point
    Quais são as regras que você quer validar?
  8. 1 point
    João os dados da ECF são os dados das contas contábeis, fechamentos realizados e amarrações (Plano paralelo), portanto se há erros está no contábil em alguma informação.
  9. 1 point
    T-Reports e os desafios da convergência tecnológica e funcional Para que uma empresa se mantenha competitiva no mercado e busque continuamente o seu crescimento, é essencial que se tenha processos bem definidos e um controle eficiente da operação de toda organização. Nos dias atuais é impossível pensar que uma empresa possa alcançar esses objetivos sem que se tenha um bom software de gestão como aliado. E muitas vezes, um conjunto de softwares. Dentro deste contexto, um dos pilares do software de gestão empresarial, entre os mais importantes, é a gestão da informação. Neste artigo iremos abordar o que tange a extração e análise dos dados gerenciais e operacionais. Gerador de relatórios Primeiramente vamos falar um pouco da nossa história com as ferramentas de extração e análise de dados. No passado, ou ainda hoje para alguns sistemas, era muito comum os softwares disponibilizarem um número finito de relatórios, e estes ainda eram fixos, ou seja, disponibilizavam o mesmo conjunto de informações em um formato pré-definido em tempo de desenvolvimento. Em alguns casos os relatórios de listagem eram dinâmicos e talvez um pouco flexíveis para o usuário. No ano de 1997, em uma de nossas linhas de produto surgiu-se a oportunidade de desenvolver uma ferramenta de criação de relatórios. A iniciativa em princípio tinha três propósitos: · Facilitar a criação de relatórios por parte das equipes de produto/segmento. Isso viabilizaria a criação de relatórios sem a necessidade de programação, possibilitando áreas menos técnicas desenvolverem relatórios para o produto padrão. · Padronizar a forma de criar e exibir relatórios independente do segmento de produto. · O mais importante era permitir que o cliente final pudesse editar ou criar novos relatórios, afinal de contas, por mais que o sistema disponibilizasse um expressivo conjunto de relatórios nativos, cada cliente tem sua forma de gerenciar e organizar a empresa. Desta forma, a solução eliminaria a necessidade de aguardar o desenvolvimento de um relatório, solicitar o apoio de um consultor ou pagar por serviços de fábrica de software sempre que houvesse a necessidade de um novo relatório. Gerador de relatórios desenvolvido em Delphi A solução criada foi o Gerador de Relatórios. Uma ferramenta bastante flexível, porem limitada às tecnologias disponíveis da época. TOTVS Reports O gerador de relatórios aumentou nossa produtividade, ganhou o mercado e conquistou muitos de nossos clientes de forma muito satisfatória, até que em 2007 surgiu-se a necessidade de renovar a ferramenta utilizando novas tecnologias que, além de acompanhar as tendências tecnológicas, também viabilizaria a criação de novas features, como por exemplo gráficos, KPIs, pivot tables e QR Code. A ferramenta então ganhou uma cara mais moderna, novos recursos e mantendo o máximo possível dos recursos do antigo gerador de relatórios. Assim nasceu o TOTVS Reports. TOTVS Reports desenvolvido em .NET Windows Forms T-Reports Passaram-se dez anos e novamente surge uma oportunidade de revolucionar os produtos no que tange extração e análise de dados. Vivemos em um momento onde um dos nossos maiores desafios é a convergência tecnológica e funcional. O que significa isso? Somos uma organização com diversas soluções que atendem diversos segmentos de negócio e continuamente buscamos para que os usuários de nossos softwares tenham uma experiência de uso, além de excelente, única. Seja no que diz respeito tecnologia, meio de acesso e dispositivo, mas também funcionalidade. Então, em 2017, pensamos em criar uma única ferramenta com todos os recursos do TOTVS Reports, mas que pudesse ser integrado à qualquer linha de produto, pudesse ser acessado de qualquer lugar ou dispositivo e fosse multi plataforma. Assim concebemos o T-Reports. Solução independente de linha de produto, 100% Web, intuitiva para usuários não técnicos e flexível para usuários com maior expertise sobre banco de dados. A ferramenta permite desde a criação de relatórios de baixa complexidade à relatórios complexos de análise sintática e/ou semântica. Toda a configuração e a visualização dos relatórios é feita pelo navegador (web), ou seja, de qualquer lugar, sem a necessidade de instalação de software local. Além disso o T-Reports disponibiliza serviços e APIs para integração com produtos legados e permite o agendamento e geração de relatórios através de integrações, de forma simples e ágil. T-Reports desenvolvido em HTML e compatível com os principais navegadores de mercado “Basicamente, a Gestão significa influenciar a ação. Gestão é sobre ajudar as organizações e as unidades fazerem o que tem que ser feito, o que significa ação.”Henry Mintzberg Autor: Daniel Campos - Software Engineer, Software Architect, Development Manager Fonte: https://medium.com/totvsdevelopers/t-reports-e-os-desafios-da-convergência-tecnológica-e-funcional-8ee259792888
  10. 1 point
    Bom dia, Tenho essa consulta SQL que gera o histórico de provisão. Veja se lhe atende. SELECT PFUNC.CHAPA, PFUNC.NOME, PSECAO.CODIGO, PSECAO.DESCRICAO, PFHSTPROV.VALPROVFER, PFHSTPROV.VALPROV13 FROM PFUNC LEFT OUTER JOIN PFHSTPROV ON PFUNC.CODCOLIGADA = PFHSTPROV.CODCOLIGADA AND PFUNC.CHAPA = PFHSTPROV.CHAPA LEFT OUTER JOIN PSECAO ON PFUNC.CODCOLIGADA = PSECAO.CODCOLIGADA AND PFUNC.CODSECAO = PSECAO.CODIGO WHERE PFHSTPROV.ANO=:ANO AND PFHSTPROV.MES=:MES Atenciosamente, Filipe Pimenta
  11. 1 point
  12. 1 point
    Foram postados inúmeros materiais relacionados ao Reports.net no Youtube da TOTVS... Segue um deles: Demais vídeos do canal: https://www.youtube.com/channel/UCgrXtEKzKstEuO5QugrZeGg
  13. 1 point
    [RESOLVIDO] Consegui encontrar a solução: Acessar "Opções - Parâmetros - RM Nucleus - Gestão de compras - Cotação - Definição de Escopo Filial" selecione a filial em que a cotação esta sendo inserida e de um duplo clique na mesma. Acesse a etapa Fornecedores e informe um numeral para o numero máximo e número mínimo de fornecedores para a cotação.
This leaderboard is set to Sao Paulo/GMT-03:00
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.