Jump to content

REIS

Membros
  • Content Count

    11
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutro

About REIS

  • Rank
    Membro Ativo no Fórum
  • Birthday 08/30/1984

Profile Information

  • Sexo
    Feminino

Recent Profile Visitors

437 profile views
  1. REIS

    FERIAS

    Infelizmente, as versões foram atualizadas, mas o problema persiste. Gostaria que me confirmassem quais as prioridades dos eventos: INSS Folha, INSS Férias e dos eventos de base de ambos. Aguardo e aceito outras sugestões para sanar o problema. Pior de tudo é que abrimos um chamado pra TOTVS e até agora ninguém retornou. Grata,
  2. REIS

    FERIAS

    Amigos, Como ainda estamos na versão 11.20.43, vou solicitar ao TI a atualização da versão, pois até agora o problema não foi resolvido, mesmo depois de mudadas as prioridades. Volto a entrar em contato. Grata,
  3. REIS

    FERIAS

    Isso está acontecendo comigo tbm. Tem alguma solução? dese janeiro estamos tendo que alterar o desconto do INSS manualmente e marcar a opção "Não Recalcular" no envelope de pagamento, senão volta tudo de novo. Por exemplo: colaborador com férias de 30 dias: não deveria ser descontado nada no INSS de folha. Entretanto, quando lanço as férias no envelope do fim do mês, aparece o desconto de INSS de férias, que já foi descontado no Recibo de Férias, e aparece o INSS de folha, no mesmo valor do INSS de férias. Ou seja, desconta em dobro. Como faço? Mudei as prioridades dos eventos como o Elder Carlos informou lá em cima, mas nada aconteceu. Não sei mais o que fazer...
  4. Estou com a versão 11.20.43 e desde janeiro não consigo corrigir esse mesmo problema de desconto do INSS. Exemplo: funcionario com 30 dias de férias. Quando lanço as férias no envelope do final do mês, aparece o desconto de INSS férias (que já tinha sido descontado no recibo de ferias) e o INSS de folha, no mesmo valor que o INSS de férias. Daí, tenho que fazer o cálculo e o lançamento manualmente e marcar para não recalcular, pois se recalcular volta tudo de novo. Agradeço se puderem me ajudar.
  5. Sim. Tanto o limite da jornada quanto o de refeição estão incluídos. Vou explicar melhor, citando um exemplo: O horário do colaborador inicia no domingo, às 22:00 e encerra na segunda às 06:48. Assim vai durante a semana inteira, até o sábado, quando ele sai do trabalho às 06:48. E no domingo recomeça tudo, com entrada às 22:00. Então, segue abaixo um exemplo de como aparecem as batidas no espelho de ponto do mesmo: 13/11/2011 - DOM - Ent1 22:00 Sai1 ....... Ent2 ....... Sai2 ........ Ent3 14/11/2011 - SEG - Ent1 ........ Sai1 02:00 Ent2 03:00 Sai2 06:48 Ent3 22:00 Assim, fica parecendo que ele começou a trabalhar no domingo, registrou a entrada e só voltou a registrar na segunda, gerando uma grande quantidade de extras, pois os espaços não possuem marcação. Espero que tenha conseguido explicar. Obrigada.
  6. Amigo, acho que não tenho como anexar nada porque não sou cliente VIP. Se vc puder, me mande seu e-mail e eu anexo as telas pra vc. Obrigada.
  7. Amigos, gostaria que me ajudassem em uma situação: preciso criar um horário noturno, que vai de 22:00, com intervalo de 01 hora (02:00 às 03:00) e saída às 06:48 do dia seguinte. Um amigo meu criou o horário, mas está gerando faltas e horas extras, pois o sistema não está lendo a informação corretamente. Gostaria que me ajudassem com o passo-a-passo da criação de um horário assim. Muito obrigada.
  8. Amigos, estou com um problema. Quando fui gerar o SEFIP e as Guias de INSS apareceu na tela um erro que diz assim: EXISTEM EVENTOS INCONSISTENTES (INSS/IRRF) NA INSUFICIÊNCIA DE SALDOS. VERIFIQUE CHAPA: 1053 EVENTO: 0003 ANO: 2011 MÊS: 06 Verifiquei a tal chapa, ela tirou férias de 30 dias mas recebeu alguns proventos no final do mês (todos devidos). Observei que ela tinha marcado o "Utiliza Controle de Saldo de Verbas". Fui lá na Base de Cálculo e desmarquei essa opção, mas até agora não consegui gerar as Guias de INSS e o SEFIP, sempre dá a mesma crítica. É como se alguma coisa dessa chapa tivesse ficado "amarrado" dentro do Labore. Conferi todo o contracheque da pessoa e os eventos estão certos, bem como os valores de desconto de INSS normal e INSS de férias. Peço que me ajudem. Suely.
  9. Amigos, não sei se me entenderam. Eu acho que o que causa o problema para lançar o afastamento por benefício no Labore é o fato de os atestados inferiores a 15 dias serem lançados também como afastamento. Apesar do funcionário estar A (Ativo), no histórico de afastamento aparece assim: Data Início: 17/12/2009 Data Final: 24/12/2009 Quantidade de dias: 08 Tipo: P Afastado Previdência Motivo: 6 Afastamento Assim, quando eu finalmente vou colocar o funcionário de Benefício pela Previdência, ou seja, ele vai ficar com status P e não mais A, dá essa crítica de que eu não posso lançar o benefício porque já existe outro afastamento lançado com essa data (no caso, 17/12/09). Vale ressaltar que na GFIP aparecem os códigos certinhos, de afastamento e retorno inferior a 15 dias. O problema é que não consigo colocar os funcionários de P na data certa. Me informaram que eu deveria colocá-los de P a partir da data do retorno, ou seja, dia 25/12/2009. Mas eu não considero isso uma informação correta. Alguém pode me ajudar, por favor? Obrigada.
  10. Pessoal, também estou com esse problema aqui na empresa, pois os atestados inferiores a 15 dias têm sido lançados no Vitae e aparecem no histórico do funcionário (Labore) como afastamento Previdência. Resultado: quandou vou informar o afastamento pela Previdência, dá um erro dizendo que não posso lançar afastamento com aquela data pois já existe um afastamento lançado na mesma data. Sinceramente, o RM é o primeiro sistema com o qual trabalho, onde é tão difícil lançar um atestado inferior a 15 dias. Em uma outra empresa na qual trabalhei, os dias de atestado também apareciam no contracheque, como no exemplo abaixo: Salário de R$ 1.500,00 Atestado de 10 dias No contracheque aparecia assim: Dias Trabalhados (20) R$ 1.000,00 Atestado médico (10) R$ 500,00 Já no RM, isso não acontece. Gostaria de trocar idéia com vocês sobre isso.
  11. REIS

    MATERNIDADE

    Eu estou tendo um problema como esse, referente aos recolhimentos do mês de Novembro. Ou seja, até outubro o valor do salário maternidade aparecia normalmente no relatorio de GPS do RM. Agora, a partir de novembro, aparece apenas o salário família, mesmo tendo sido pago salário maternidade. Interessante que esse mês, quando fui lançar o salário maternidade pelo código 017, deu uma crítica de erro, dizendo algo como "lance código 17 de acordo com o SEFIP". Desde que lançamos esse código "de acordo com o SEFIP", o salário maternidade sumiu da GPS. O que pode ser? Será que é alguma mudança na nova versão?
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.