Jump to content

KCS

Membros
  • Content Count

    6
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

KCS last won the day on April 24

KCS had the most liked content!

Community Reputation

2 Neutro

About KCS

  • Rank
    Membro Ativo no Fórum

Recent Profile Visitors

114 profile views
  1. Boa tarde, Não seria porque o período de gozo (09/10/2019 a 01/11/2019) foram de apenas 24 dias (conforme imagem)? Ficando assim, um saldo de 6 dias de férias para o funcionário referente ao período aquisitivo de 02/04/2018 a 01/04/2019. O período de gozo está finalizado, mas não o período aquisitivo, já que as férias referentes a esse período aquisitivo ainda não foram completamente gozadas no período concessivo.
  2. Para registro e consultas futuras de outros usuários: * É possível cadastrar o orçamento e cronograma detalhado no RM, porém, não é possível utilizar efetivamente para contratos a pagar (que seria o caso de contratos de empreiteiros em uma construtora). * Você pode criar uma planilha de atividades detalhada (analítica) e uma planilha de serviços resumida (sintética). * É possível associar diversas tarefas da planilha de atividades à apenas uma tarefa na planilha de serviços (desde que a quantidade total das tarefas da planilha de atividades não ultrapasse a quantidade da tarefa resumo da planilha de serviços). Isso é feito através de "Anexos" na planilha de atividades. * Quando todas as associações (planilha de atividades x planilha de serviços) estiverem prontas e o cronograma da planilha de atividades estiver já lançado no RM, você pode lançar automaticamente o cronograma da planilha de serviços. Essa opção aparece em "Processos" na planilha de serviços. O sistema vai pegar os cronogramas de todas as tarefas da planilha de atividades associadas a única tarefa da planilha de serviços e resumir em único cronograma para a tarefa de serviços. * Até aí, perfeito, eu tenho orçamento e cronograma analíticos para controle interno e orçamento e cronograma sintéticos para controle externo. * Porém, no módulo Contratos, o sistema não oferece opção de usar a planilha de serviços para associação de tarefas ao contrato na opção "a pagar". Somente se o contrato for "a receber" que aparece a opção de usar a planilha de serviços (sintética). O que tornaria todo o processo de inserir os dois controles no sistema inútil, visto que não seria possível utilizar o orçamento sintético, que é apropriado para contratação e medição de empreiteiros, pois são resumidos e não carregam informações desnecessárias ao fornecedor e que apenas aumentariam a quantidade de páginas de contrato e medição. * Sendo assim, acaba-se por utilizar a planilha de atividades como orçamento e cronograma sintéticos para poder realizar as contratações; e a planilha de serviços sequer é utilizada. Enquanto que o controle interno, é feito por excel e/ou project, não sendo possível sua inserção no sistema, já que atrapalharia a realização de contratos e medições, devido ao alto grau de detalhamento. * Uma sugestão de melhoria foi deixada no ambiente colaborativo TOTVS para liberação da opção de uso da planilha de serviços em contratos "a pagar" também.
  3. Tenho dúvida sobre o nível de detalhamento no cadastro de insumos a serem usados nas composições. Por exemplo: Portas. Devo cadastrar "Folha de porta de madeira sarrafeada de tauari - 0,80 m x 2,10 m - 0,35 mm de espessura"? Ou cadastrar porta de madeira e cadastrar uma família de produtos que especifique as dimensões e outras características. Ou cadastrar apenas "Folha de porta de madeira sarrafeada de tauari" e usar uma família de produtos que especifique as dimensões? Já pensei em criar todos os insumos bem especificados, porém, não vejo o porquê fazer isso se existe a opção de associar vários produtos ao insumo. Já pensei também em criar insumos pensando no valor unitário, ou seja características que não influenciem tanto em variação do preço médio. Mas se pensar por essa variável, eu não teria um padrão do nível de detalhamento, pois varia muito. Mas ao mesmo tempo, não sei qual deve ser esse nível de detalhamento. O que devo deixar a cargo do produto? O que funciona e o que não funciona? Se tiver alguém com experiência nesse tipo de cadastro e puder opinar, fico grata.
  4. Ok, obrigada.
  5. Primeiramente, Luiz, obrigada pelo retorno. No caso a minha "entidade externa" seria o empreiteiro. Em medições e contratos, eu não preciso informar o pavimento, apenas a quantidade total, mas para o cronograma, precisaria desse detalhamento. A questão é que não conheço a interação da planilha de serviços com os cadastros de contratos e medições. Eu conseguiria usar a planilha de atividades apenas para fim de cronograma e usar a planilha de serviços ao associar tarefas ao contrato e realizar medições? Fica essa dúvida.
  6. Gostaria de saber se existe um tutorial detalhado sobre a inserção e gestão do Cronograma de Obra no RM Solum. Entender a diferença entre a planilha de serviços x planilha de atividades. Se vale a pena ter as duas planilhas, sendo uma mais geral (serviços) e outra mais detalhada (atividades) com uma tarefa para cada pavimento de cada bloco do empreendimento, considerando empreendimento com até 70 pavimentos. Se a interação de contratos e medições seria com a planilha de serviços ou de atividades e se é viável, considerando que seria um orçamento bem extenso.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.