Jump to content
Sign in to follow this  
Evandro Coelho

RPA de FUNCIONARIOS

Recommended Posts

Temos funcionários que recebem além do salário, aluguéis por terem seu(s) transporte(s) (carro ou moto) alugados para a empresa. Ocorre que esses recebimentos não estão sendo juntados de forma cumulativa para que seja devidamente descontado o IRRF corretamente. O tratamento dessas RPA é feito pelo RM Nucleus e tratado corretamente quando existem outros RPAs na mesma competencia da mesma pessoa mas no caso de Funcionário o RM Fluxus nao leva em conta o salario pago no RM Labore. Vejamos o exemplo:

o funcionário Filirmino de Jesus recebeu em 05/12/2008 conforme abaixo:

Líquido: R$ 2.081,67

Base IRRF: R$ 2.429,70 (Salário – INSS)

Faixa 2, alíquota de 15,00% com parcela a deduzir de R$ 205,92

IRRF: R$ 158,53

Em 10/12/2008 teve um RPA de R$ 1.000,00. Observemos o cálculo:

Base IRRF: R$ 3.429,70 (R$ 2.429,70 + R$ 1.000,00)

Faixa 3, alíquota de 27,50% com parcela a deduzir de R$ 548,82

IRRF: R$ 235,81 (R$ 394,35 – R$ 158,53)

Em 15/12/2008 teve um RPA de R$ 500,00. Observemos o cálculo:

Base IRRF: R$ 3.929,70 (R$ 3.429,70 + R$ 500,00)

Faixa 3, alíquota de 27,5% com parcela a deduzir de R$ 548,82

IRRF: R$ 137,50 (R$ 531,85 – 235,81 – R$ 158,53)

Obs.: Caso houvesse mais algum pagamento para a mesmo que com incidência de IRRF, o procedimento deverá obedecer a mesma sistemática.

Alguem ai tem alguma sugestão, para que o sistema possa tratar corretamente esses casos?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vc pode aumentar manualmente a base de IRRF no lancamento... ai vc coloca os 3400 e 3900 quando for o caso, e não apenas os 1000 e 1500.

Não poderia tratar assim mesmo ?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia Evandro, um Coelho em Petrolina, deve ser parente do Nilo heim, rs rs rs, então no meu entendimento o R.P.A. é emitido para os autônomos ou seja, sem vínculo empregatício, dessa forma os cálculos do Imposto de Renda devem ser feitos em separado até mesmo pelo fato dos códigos de recolhimento serem diferentes (0561 e 0588), sem contar que se isso é pago com frequência se torna um salário in natura e dessa forma incidindo nos demais encargos, esse é meu entendimento se estiver enganado alguém me corrija, abraços.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.