Jump to content
Seja Membro VIP - Remova Banners de Propagandas, Tenha Liberado Qualquer Download, Além de Acessos em Áreas Exclusivas!! ×
Quer acesso a todas as Áreas do Fórum, até aquelas só para membros VIPs? Também quer poder baixar qualquer ARQUIVO? ×

Sobre GIILRAT / GILRAT / SAT


Recommended Posts


  • Topic Count:  902
  • Topics Per Day:  0.14
  • Content Count:  8,860
  • Content Per Day:  1.34
  • Reputation:   311
  • Achievement Points:  106,727
  • Solved Content:  0
  • Days Won:  196
  • Status:  Offline
  • Age:  52
  • Device:  Windows

COMO ENQUADRAR AS ALÍQUOTAS DA CONTRIBUIÇÃO AO GILRAT?

 

GILRAT (ou mais corretamente GIIL-RAT) é a sigla correspondente à Contribuição do Grau de Incidência de Incapacidade Laborativa decorrente dos Riscos Ambientais do Trabalho, uma das várias contribuições previdenciárias obrigatórias sobre as atividades laborais no Brasil.

As alíquotas do GIIL-RAT (antigo Seguro de Acidente de Trabalho - SAT) são de 1%, 2% ou 3%. O Anexo V do Regulamento da Previdência Social (RPS) estabelece respectiva tributação de acordo as atividades preponderantes e correspondentes ao grau de risco.

O objetivo desta contribuição é financiar a aposentadoria especial e os benefícios concedidos em razão do grau de incidência de incapacidade laborativa decorrente dos riscos ambientais do trabalho correspondente à aplicação dos respectivos percentuais, incidentes sobre o total da remuneração paga, devida ou creditada a qualquer título, no decorrer do mês, ao segurado empregado e trabalhador avulso, cabendo à empresa o enquadramento no respectivo grau de risco de acordo com sua atividade preponderante.

 

ENQUADRAMENTO

 

O enquadramento nos respectivos graus de risco que estabelecerá a alíquota do GIIL-RAT (antigo SAT - seguro acidente do trabalho), deverá ser feito de acordo com a atividade econômica preponderante, conforme relação de atividades e correspondentes graus de risco.

 

O enquadramento deve ser feito a partir de cada estabelecimento com CNPJ próprio (e não em toda a empresa de uma única vez). Significa dizer que estabelecimentos que concentram atividades industriais podem ter uma alíquota da contribuição ao GIIL-RAT maior que outros estabelecimentos que concentram a atividades administrativas.

 

FAP

 

O Fator Acidentário de Prevenção - FAP é um índice aplicado sobre a contribuição GIIL-RAT, que tanto pode resultar em aumento como diminuição da respectiva contribuição.

O FAP consiste num multiplicador variável num intervalo contínuo de cinquenta centésimos (0,50) a dois inteiros (2,00), desprezando-se as demais casas decimais, a ser aplicado à respectiva alíquota. 

Veja maiores detalhes no tópico FAP - Fator Acidentário de Prevenção, no Guia Trabalhista Online. 

 

Fonte: https://www.guiatrabalhista.com.br/trabalhista/gilrat.htm

Link to comment
Share on other sites


  • Topic Count:  902
  • Topics Per Day:  0.14
  • Content Count:  8,860
  • Content Per Day:  1.34
  • Reputation:   311
  • Achievement Points:  106,727
  • Solved Content:  0
  • Days Won:  196
  • Status:  Offline
  • Age:  52
  • Device:  Windows

Já dentro do RM, a geração e parametrização da Guia de INSS e configuração de percentuais, seguem basicamente os cadastros e telas abaixo listadas.


* Documentação base retirada do site da TOTVS no link: https://centraldeatendimento.totvs.com/hc/pt-br/articles/8208338101655-RH-RM-FOP-Geração-da-Guia-de-INSS

RH - RM - Geração da Guia de INSS

Atualizado em: 27 de julho de 2023 13:45


Como gerar a GPS no RM?

Ambiente
TOTVS RH - TOTVS RH (Linha RM) - TOTVS Folha de Pagamento - Todas as versões

Solução
Através do processo abaixo é possível gerar/imprimir a Guia da Previdência Social (GPS) para o recolhimento das contribuições sociais pagas pela empresa.
A geração da GPS ocorre na aba Encargos |  Guia de INSS:

mceclip0.png

Tela Parâmetros

mceclip1.png


Quebra de Seção
A emissão do identificador na GPS é de acordo com a parametrização da seção da quebra informada, sendo:

  • CNPJ ou CPF, quando na seção o parâmetro Identificação pelo CNPJ está marcado, independente de existir CEI na seção;
  • CEI quando os parâmetros Pessoa Física ou Identificação pelo CNPJ não estão marcados e existe CEI informado na seção;
  • CEI quando o parâmetro Pessoa Física está marcado e existe CEI informado;
  • Em Branco quando os parâmetros Pessoa Física ou Identificação pelo CNPJ não estão marcados e não existe parametrização para CEI ou então não existe CEI informado.

Competência
Os valores utilizados para o cálculo são extraídos do envelope do funcionário (PFFINANC), verificando sempre a incidência atual dos eventos, independente se a competência é retroativa.
 
Código de Pagamento
Informe o código da GPS para geração da guia.
 
Importante
Não preenchendo o campo, é considerado automaticamente o campo código GPS existente em Administração de Pessoal | Seções | aba Dados p/ INSS.
 
Percentuais para cálculo
Perc. Empresa
Informe o percentual de recolhimento de INSS por parte da empresa, desconsiderando os demais percentuais como: Acidente de Trabalho, FAP, Terceiros.
Para o cálculo de Terceiros é utilizado o percentual informado na seção conforme a quebra.
Para o cálculo do Acidente de trabalho é utilizado o percentual informado na seção conforme a quebra, multiplicado pelo FAP cadastrado nos Valores Fixos.
 
Perc. Autônomos
Informe o percentual de recolhimento de INSS a ser calculado sobre os eventos com código de cálculo 046-Honorários.

MAIS DETALHES NO LINK ➡️ TOTVS OFICIAL: <<Documentação completa no site da TOTVS >> 

 

 

Já os percentuais são definidos no cadastro de Seção, aba DADOS para INSS:

image.png

Veja acima no print acima os percentuais de Acid. Trab., Terceiros SAT, e os códigos necessários para a geração da GUIA. 

 

E a variação do FAP, pode ocorrer de duas formas: 

1 - Cadastro de Seção, FAP por Filial (Estabelecimento Empresarial) , lembrando que este deve ser cadastrado no nível da FILIAL, e não na seção de último nível ao qual o funcionário esteja alocado. Por exemplo em uma estrutura de seção 01.01.01, deve acessar este anexo na seção 01.

image.png

image.png

2 - FAP Geral para a empresa, cadastrado nos valores fixos. É importante que no campo FINALIDADE esteja preenchido corretamente o tipo "Alíquota FAP".

image.png

Se não existir o FAP por FILIAL, o sistema usará o FAP GERAL. 

 

-----

Com isso, o Fator Acidentário de Prevenção é um multiplicador calculado pela Previdência Social que varia num intervalo contínuo de 0,5000 a 2,0000, a ser aplicado sobre à alíquota dos Riscos Ambientais do Trabalho - RAT, que poderá ser reduzida pela metade ou duplicada de acordo com as ocorrências acidentárias em cada empresa.

O FAP tem por objetivo criar um ajuste à alíquota para o RAT, através de um tratamento estatístico da gravidade, frequência e custo dos acidentes relativos às empresas.

A multiplicação da alíquota do SAT/RAT pelo FAP determinará o valor final do RAT que irá variar de 0,5% até 6% sobre a folha de pagamento das empresas.

Portanto, o FAP varia num intervalo contínuo de 0,5000 a 2,0000, ou seja, poderá  ter redução máxima de 50% (0,5000) ou aumento máximo de 100% (2,0000).

 

Exemplos:

RAT  2%

Se FAP = 0,50%  

Teremos:
Fap x RAT
0,50 X 2 = 1
RAT Ajustado= 1%
 
---

RAT  3%

Se FAP = 2%  

Teremos:
Fap x RAT
2 X 3 = 6
RAT Ajustado= 6%
 
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.