Jump to content
Jair - Fórmula

Fórmulas no rm, tópico completão com exemplos

Recommended Posts

Os sistemas TOTVS RM tem um recurso de Fórmulas muito importante, o qual utiliza funções para buscar dados no próprio sistema, em tabelas, relacionadas a cálculos, e diversas formas de tratar as informações para relatórios, para calcular eventos, impostos, etc. 

Segue neste tópico todas as funções apresentadas nos sistemas, com exemplos, e juntando todas as diversas páginas em uma única.

 

Cadastro de Fórmulas 
 


O Cadastro de Fórmulas nos aplicativos RM terá, basicamente, três principais objetivos, dentre eles:

  • Seleção (restrição da aplicabilidade de alguma operação).
  • Definição da forma de cálculo de eventos específicos, inclusive do tipo "base de cálculo", que servem de referência para outros cálculos.
  • Relacionamento de valores entre os eventos.

O editor de fórmulas possui um campo de texto para que você monte as estruturas das fórmulas. Usando o editor de fórmulas, as funções e comandos desejados para a criação da fórmula serão movidos para o campo de texto, bastando clicar duas vezes sobre as opções função, comando ou parâmetro.

 

Observação

Funções podem ser escritas com letras maiúsculas e/ou minúsculas. Na fórmula só poderão ser incluídas até 50 constantes.

 

O parâmetro crítica global permite que uma fórmula possa ser usada em uma crítica global dos sistemas, a fim de fazer a validação ou cálculo necessário para o processo que a usar.

 

Exemplo

No sistema de Folha de Pagamento esta opção é marcada para indicar que a fórmula deverá ser processada para todos os funcionários selecionados durante o processo de Crítica da Folha (Rotinas | Crítica da Folha). Fórmulas de crítica servem para verificar se determinado evento foi ou não calculado para um funcionário ou grupo de funcionários.

 

O parâmetro Fórmula de Seleção deverá ser marcada para distinguir todas as fórmulas que são usadas como seleção.

 

Exemplo

Nos módulos dos relatórios internos do módulo Automação de Ponto, como relatório do Espelho de Cartão de Ponto, pode-se utilizar uma fórmula para selecionar alguns funcionários. No campo de Fórmula de seleção só serão listadas as fórmulas que estiverem com o parâmetro "Fórmula de seleção" marcado.

 

Para testar as fórmulas, é preciso definir um “Contexto”, ou seja, Clique no ícone para selecionar o contexto da execução da fórmula, isto é, para qual ou quem a fórmula será executada. Exemplo: Para qual produto (Gestão de Estoque) ou para que funcionário (Folha de Pagamento) a fórmula será executada.

 

A caixa de diálogo Seleção de Contexto será apresentada. Clique no ícone para testar a fórmula. Caso o contexto ainda não tenha sido selecionado, a caixa de diálogo Seleção de Contexto será apresentada automaticamente.

 

Gerar LOG para fórmulas


No módulo Serviços Globais é possível gerar arquivos de LOG de fórmulas, que tem como finalidade registrar em um arquivo informações sobre a execução da fórmula. Para gerar um arquivo de LOG de fórmula é necessário clicar duas vezes sobre um registro de fórmula na tela de visão das fórmulas.


O parâmetro ‘Acompanhar execução e salvar no arquivo:’ permite exibir o arquivo com os dados da LOG após o término do Resultado da fórmula. Abaixo deste campo o sistema apresenta o campo de texto onde é apresentado o nome e extensão do arquivo onde os dados do LOG serão gravados. Ao acionar o botão Resultado, o sistema executa o cálculo da fórmula e apresenta seu valor.

Para testar Fórmula Automaticamente ao Salvar, Marque esta opção para que o sistema automaticamente teste a fórmula quando esta for salva. O resultado da fórmula será apresentado no campo resultado.

 

No cadastro de fórmulas também são exibidas a data e hora da última alteração realizada na fórmula, bem como o Usuário responsável, que exibe o usuário que realizou a última alteração na fórmula.

 

Observação

A fórmula não precisa ser gravada para que o teste seja executado. O resultado de uma fórmula será apresentado com N casas decimais, conforme o produto que o usuário estiver utilizando.

 

Exemplo

Caso o usuário esteja utilizando o módulo Folha de Pagamento, o resultado será exibido com 4 (quatro) casas decimais.

 

Aplicação das fórmulas

 

Uma aplicação para as fórmulas são os campos complementares, onde têm a função de validar um determinado valor, como por exemplo, a utilização de fórmula para validação de pré-requisito de disciplinas, cálculo de insumos.

 

Para validar o campo complementar basta associar a fórmula desejada ao campo complementar, para que esta valide o conteúdo do campo complementar quando você incluir um valor para ele.

 

Outra finalidade é o seu uso em consultas SQL e relatórios do sistema. Pelos relatórios você inclui as fórmulas deslocando o componente de fórmulas e associando-o a uma fórmula cadastrada no sistema. Já nas Consultas SQL as fórmulas devem ser incluídas passando um comando específico para informar que você está utilizando uma fórmula do sistema.

 

Exemplo

SELECT CHAPA, SALARIO FROM PFUNC

WHERE CHAPA = :FRM_CHAPA;

 

Fórmulas em VB.NET

 

 

No módulo Globais é possível criar e executar fórmulas em VB.Net. Esta funcionalidade tem como objetivo permitir que usuários também utilizem da linguagem VB.net para elaborar e executar fórmulas no RM.exe, além das Fórmulas RM.

 

 

Na aba administração, selecione a action Fórmulas. Após definir e executar um filtro, selecione agora um Sistema e logo após a opção Novo, para que o a janela para inserção de uma nova Fórmula seja exibida. Preencha os campos Código e Título. No campo Linguagem, selecione a opção VB. NET.

 

 

Insira no campo destinado a elaboração das fórmulas, uma fórmula válida elaborada na linguagem VB.NET . Acione o botão Contexto, informe um contexto para execução e execute-o.

 

 

Ao acionar o botão Resultado, o sistema irá exibir o resultado da fórmula inserida na linguagem VB.NET.

 

Selecione a opção Salvar e o sistema registrará a fórmula em VB.NET, exibindo a mesma na listagem de fórmulas do sistema. 

 

Fórmulas Globais
 

As fórmulas globais são aquelas apresentadas para todos os módulos do sistema, e são passíveis de uso em qualquer um deles.
 
Conheça as fórmulas globais:
 
EXECSQL 
Executa uma consulta SQL. Caso a execução tenha pelo menos uma linha de resultado, está variável retorna VERDADE.
Sua sintaxe é: EXECSQL(‘código da consulta SQL’).
 
Exemplo:
EXECSQL('Codigo_Consulta_SQL')
 
PROXREGSQL

Avança um registro na Consulta SQL executada.
 
Sua sintaxe é: PROXREGSQL('código da consulta sql')
 
Exemplo:
PROXREGSQL('Codigo_Consulta_SQL')
 
RESULTSQL
Esta função lê uma linha do resultado da execução da SQL. 
Sua sintaxe é: RESULTSQL('código da consulta sql', 'nome do campo')
 
Exemplo:
RESULTSQL('Codigo_Consulta_SQL', 'SALARIO')
 
 
 
 

 
Fórmulas específicas para o RM Labore - Gestão de Folha de Pagamento

 

 
A utilização de fórmulas no RMLabore se faz necessário, por exemplo, em situações em que o código de cálculo nos eventos do Labore, em sua forma nativa, não possuem o comportamento desejado perante as regras de negocio da empresa.
 
 
Fórmulas / Funções - A 
 

  • Função A = Retorna valor de um acumulador
  • Sintaxe = A (‘CÓD. DO ACUMULADOR)
  • Tipo de Retorno = Valor

Exemplo:

Código da fórmula: AC01 = Retorna valor do acumulador de código 01 (Comissão).

Texto da fórmula: A(‘01’)

 

Observação:

O código do acumulador deve ser informado entre aspas. Os acumuladores são incluídos ou editados no cadastro de tabelas dinâmicas. No cadastro de eventos, você define se valores deste serão guardados em determinado acumulador.

 

Atenção:

As variáveis de fórmula que são relativas à movimentação do funcionário, como a A, não devem ser utilizados para fórmula de seleção. Porque no momento da seleção, o sistema ainda não executou a movimentação do funcionário. Desta forma, estas funções/variáveis irão retornar sempre "zero".

 

  • Função ABS = Valor Absoluto
  • Sintaxe = ABS (VALOR)
  • Tipo de Retorno = Valor

 

  • Função ACUMFF = Acumulador de ficha financeira
  • Sintaxe = ACUMFF(MÊS, ANO, 'CÓD. DO ACUMULADOR')
  • Tipo de Retorno = Valor

 

Observação:

Este acumulador deverá ser criado em TABELAS DINÂMICAS - INT34

 

  • Função ADIANT = Retorna percentual de adiantamento
  • Sintaxe = ADIANT
  • Tipo de Retorno = Valor

 

Exemplo:

ADIANT

Supondo que o funcionário Antônio tem um percentual de adiantamento de 40%, o retorno da fórmula, para esse funcionário, seria 40.

 

  • Função ADMDEM = Retorna admitido ou demitido no mês
  • Sintaxe = ADMDEM
  • Tipo de Retorno = Valor

 

Exemplo:

ADMDEM

Supondo que o funcionário Itamar foi admitido ou demitido no mês de competência, o retorno será 1. Se houvesse sido admitido ou demitido em outros meses, retornará 0.

 

  • Função ALTEROUCADASTRO = Retorna 1 se houver alteração no cadastro do funcionário e 0 se não houver alteração.
  • Sintaxe = ALTEROUCADASTRO(‘string’)
  • Tipo de Retorno = Valor

 

Observação: Na sintaxe, o campo string deverá ser informado com qual campo do cadastro será validado.

 

Exemplo:

ALTEROUCADASTRO ('FUNCAO')

ALTEROUCADASTRO ('SECAO')

Esta função está contemplando se houve alteração no cadastro dos campos: FUNCAO e SECAO.

 

Dica:

Esta função poderá ser utilizada no campo Fórmula para Criticar o Cadastro de Funcionários no parametrizador em Folha de Pagamento | Funcionário | Restrições Cadastrais.

 

  • Função ANO = Retorna ano de competência.
  • Sintaxe = ANO
  • Tipo de Retorno = Valor

 

 

  • Função ANOCX = Retorna ano-caixa.
  • Sintaxe = ANOCX
  • Tipo de Retorno = Valor

 

  • Função ANODT = Retorna ano de uma data.
  • Sintaxe = ANODT (‘DATA’)
  • Tipo de Retorno = Valor

 

Exemplo:

ANODT(‘23/01/1997’)

Retorna: 1997

ANODT (DNASCIM)

Supondo que a data de nascimento de um funcionário seja 10/09/1961, retorna 1961.

 

Dica: No parâmetro DATA da sintaxe pode ser uma função que retorna data no lugar da data específica.

 

  • Função ARRED = Arredonda um valor sem casas decimais.
  • Sintaxe = ARRED (VALOR)
  • Tipo de Retorno = Valor
  • Função ARREDONDA = Arredonda um valor com casas decimais.
  • Sintaxe = ARREDONDA (VALOR, VALOR)
  • Tipo de Retorno = Valor

Exemplo:

Quando há várias casas decimais e o arredondamento será apenas para duas casas decimais:

ARREDONDA(777.7784,2) = 777,78

 

  • Função ARREDVALOR = Arredonda um valor com casas decimais.
  • Sintaxe = ARRED (VALOR, VALOR)
  • Tipo de Retorno = Valor

 

  • Função ASCII = Retorna o código ASCII de um caractere.
  • Sintaxe = ASCII (‘STRING’)
  • Tipo de Retorno = Valor

 

  • Função ATRIBUI = Atribui valor a uma memória.
  • Sintaxe = ATRIBUI(NÚMERO DA MEMÓRIA, INDEFINIDO)
  • Tipo de Retorno = De acordo com o que for atribuído à memória

 

Exemplo:

ATRIBUI (1, RC)

Memória de nº 1 guardará valor do salário nominal.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fórmulas / Funções - B 
 


Função B:

Executa tabela progressiva. O retorno é do tipo valor.

B (‘CÓD. DA TABELA’, VALOR A APLICAR)

 

Exemplo:                                  

Foi criada a seguinte tabela de cálculo, com código ‘0004’;

       Valor            Percentual

       360                      1

       1200                    2

       2400                    3

       9999                    4

       Fórmula:

        B - (‘0004’, RC)

       A função RC retorna salário nominal. Vamos supor RC = R$ 5.000,00

       Neste caso, a fórmula executaria a tabela da seguinte forma:

       360 X 1% = 3,6;

       (1200 - 360) X 2% = 16,80;

       (2400 - 1200) X 3% = 36,00;

       (5000 - 2400) X 4% = 104,00.

        Retorno: 160,40

 

Função BASEFGTS:

Retorna base de FGTS.O retorno é do tipo valor.

 

Função BASEFGTSFF:

Retorna a base de FGTS de um ano e mês especificados.

BASEFGTSFF (ANO, MÊS)

 

Exemplo:

BASEFGTSFF ((ANO, MÊS)

BASEFGTSFF (2013, 04) retorna a base FGTS do movimento do funcionário no mês de abril de 2013.

 

Função BASEINSS:

Retorna base de INSS do movimento atual. Retorna valor.

 

Observação:

Quando associar esta função a um evento, este evento deverá ter a maior prioridade para retornar o valor correto.

 

Função BASEINSSFF:

Retorna base de INSS de acordo com ano e mês específicos da Ficha Financeira.

 Retorna Valor.

 BASEINSSFF (ANO, MÊS)

 

 Observação:

O retorno das variáveis BASEINSS e BASEINSSFF é a base de INSS para cálculo da parte de segurado, portanto, este retorno será limitado ao teto cadastrado na tabela de INSS.

 

Função BASEINSS13FF:

Retorna base de INSS de acordo com ano e mês específicos da Ficha Financeira. Retorna valor.

  BASEINSS13FF (ANO, MÊS)

 

  Exemplo:

  BASEINSS13FF (2013, 12)

  O resultado desta fórmula será o valor da base de INSS de décimo terceiro salário do funcionário no mês 12 do ano de 2013.

 

Função BASEIRRF:

Retorna base de IRRF referente ao mês anterior. Retorna valor.

 

Função BASEIRRFFF:

Retorna a base de IRRF de um ano e mês especificados.

BASEIRRFFF (ANO, MÊS)

 

Exemplo:

BASEIRRFFF (2013, 06) retorna a base IRRF do caixa junho de 2013.

 

Função BASEFGTS13FF:

Retorna o valor da base de FGTS de décimo terceiro salário na ficha financeira.

BASEFGTS13FF (ANO COMPETÊNCIA, MÊS COMPETÊNCIA)

 

 Exemplo:

BASEFGTS13FF (2013, 12)

O resultado desta fórmula será o valor da base de FGTS de décimo terceiro salário do funcionário no mês 12 do ano de 2013

 

Função BASEINSS13:

Retorna o valor da base de INSS 13º salário.

 

Função BASEFGTS13:

Retorna base de FGTS de 13º salário

 

Função BINSSACTETO:

Retorna a base de INSS acima do teto do movimento atual. Se a base de INSS total sem considerar o teto estabelecido para base de INSS, for maior que o teto para a base de INSS, então esta variável retorna a o valor que excede o teto, senão retorna zero.

 

 Exemplo:

 Base de INSS total de um funcionário = R$ 1500,00

 Teto de INSS = R$ 1200,00

 BINSSACTETO ==> R$ 1500,00 - R$ 1200,00 = R$ 300,00

 Ou seja, BINSSACTETO vai retornar R$ 300,00

 

 Observações:

- Pela sintaxe, nenhuma dessas funções requer parâmetro. Basta escrever, por exemplo: BASEFGTS.

-A função verifica os parâmetros "Calcula" e "Não calcula" da caixa INSS, subpasta FGTS/SEFIP/INSS, aba Registro do cadastro de funcionários.

 

 

Função BINSS13ACTETO:

Retorna a base de INSS 13º Salário acima do teto do movimento atual. Se a base de INSS 13º salário total for maior que o teto para a base de INSS (tabela de INSS), então esta variável retornará o valor que excede o teto, senão retorna zero.

 

Observação:

A função verifica os parâmetros "Calcula" e "Não calcula" da caixa INSS, pasta PARAMETROS no cadastro de funcionários.

Caso deseje retornar o valor base de INSS 13 acima do teto no movimento do funcionário, utilize a variável BINSS13ACTETOMOV.Vale ressaltar que as duas variáveis só retornarão algum valor se no movimento tiver lançado o 13º salário para o funcionário.

 

Exemplo:

Base de INSS 13º Salário total de um funcionário = R$ 1500,00

Teto de INSS = R$ 1200,00 

BINSS13ACTETO ==> R$ 1500,00 - R$ 1200,00  

= R$ 300,00

A variável BINSS13ACTETO vai retornar R$ 300,00. Se o Teto de INSS for maior a variável retornará 0. 

 

 

Função BASERECFER:

Retorna valor da base do último Recibo de Férias

Os valores utilizados para retorno são:

INSS – Base INSS de Férias

IRRF – Base IRRF de Férias

 

 Exemplo:

   BASERECFER(‘INSS’) ou BASERECFER(‘IRRF’)

 

   Observação:

  -Quando a variável for utilizada no recibo de férias o sistema irá verificar a incidência dos eventos para retornar o valor, caso contrário o sistema irá buscar as bases gravadas no Recibo de Férias.

  -Mesmo quando o funcionário tiver férias partidas, ou seja, iniciando em um mês e terminando em outro, o sistema irá buscar o valor total da base de INSS.

 

Função BINSS13ACTETOMOV:

Retorna a base de INSS 13º Salário acima do teto do mês e ano corrente, podendo ser utilizada em eventos e relatórios.

 

Função BASEIRRF13:

Retorna a Base IRRF 13º Salário da movimentação atual. Retorna valor.

 

Função BASEIRRF13FF:

Retorna a Base IRRF 13º Salário da Ficha Financeira.

BASEIRRF13FF (ANO COMPETÊNCIA, MÊS COMPETÊNCIA)

 

Função BASEIRRFFERIASFF:

Retorna a Base IRRF Férias da Ficha Financeira.

BASEIRRFFERIASFF (ANO COMPETÊNCIA, MÊS COMPETÊNCIA)

 

Função BASECALCULO:

Retorna a base de cálculo da incidência no mês e ano especificados.

Base (TIPOBASE, MES, ANO, PARAMGERAIS)

 

Tipo Base:

INSS: Considera mês/ano competência

INSS13: Considera mês/ano competência

IRRF: Considera mês/ano caixa

IRRF13: Considera mês/ano caixa

IRRFFERIAS: Considera mês/ano caixa

FGTS: Considera mês/ano competência

FGTS13: Considera mês/ano competência

MES e ANO:

Quando informado meses anteriores o sistema executa um SELECT nas bases gravadas no período da ficha financeira (PFPERFF).

Quando informado mês atual, os valores do período atual são buscados da memória, e caso o parâmetro ‘Somente Período Atual’ seja FALSO, ou seja, considere todo o mês, é executado um SELECT nas bases gravadas no período da ficha financeira (PFPERFF), para buscar valores dos outros períodos do mês especificado.

 

PARAMGERAIS

1º. Caractere = Somente Período Atual

Informe ‘S’ para que o sistema considere as bases apenas do período atual, caso contrário informe ‘N’.

 

Atenção:

Este parâmetro é verificado somente para o mês e ano atual.

 

2º. Caractere = Limita ao Teto

Informe ‘S’ para que o sistema limite ao teto conforme tabela de cálculo, caso contrário informe ‘N’.

 

Atenção:

Este parâmetro é verificado somente quando o ‘Tipo Base’ é igual INSS ou INSS13.

 

            Exemplo:

O usuário necessita saber a base de ‘INSS folha’ do mês atual limitado ao teto.

A fórmula é: BASECALCULO (‘INSS’, MES, ANO,’ NS’)

 

Função BANCOHORASPERIODOCHRONUS 
Retorna o valor de saldo de banco de horas que do funcionário dentro de um intervalo informado. BANCOHORASPERIODOCHRONUS('DATA','DATA')

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fórmulas / Funções – C 
 


Função C

Retorna valor de um evento no movimento atual. Retorno do tipo valor. As variáveis de fórmula que são relativas a movimentação do funcionário, como a C, não devem ser utilizados para fórmula de seleção. Porque no momento da seleção, o sistema ainda não executou a movimentação do funcionário. Desta forma, estas funções/variáveis irão retornar sempre "zero".

C (CÓD. DO EVENTO)

 

Exemplo:

C (‘0034’)

Retornará valor do evento ‘0034’ no mês de competência.

 

 

Função CALCMED

Retorna o valor da Média referente ao Sindicato. CALCMED (Valor utilizado para o retorno dos tipos de médias Grupo de Média).

Onde os valores utilizados para o retorno dos tipos de médias pela CALCMED são:

1 para Férias

2 para13º Salário

3 para Aviso Prévio

4 para Licença maternidade

5 para férias proporcionais

 

 Exemplo:

CALCMED(201) - Retornará o valor da média de 13o salário do grupo 1. 

CALCMED(105) - Retornará o valor da média de férias do grupo 5.  

CALCMED(304) - Retornará o valor da média de Aviso Prévio do grupo 4. 

CALCMED(519) - Retornará o valor da média de Férias Proporcionais do grupo 19. 

 

Observações:

-A variável CALCMED poderá ser usada apenas com os valores do primeiro parâmetro.

 

CALCMED(1) - Retornará o valor total da média de férias.

CALCMED(2) - Retornará o valor total da média de 13º salário.

CALCMED(3) - Retornará o valor total da média do Aviso Prévio.

O tratamento da variável CALCMED é diferente para o cálculo das médias de Licença Maternidade. Para que o sistema retorne o valor das médias de Licença Maternidade nesta variável é necessário efetuar o lançamento do salário maternidade com média no primeiro mês do Afastamento, assim o sistema guardará automaticamente o valor das médias no campo em Funcionários | Parâmetros campo "Média Salário Maternidade".

 

 

Função CALCMEDDATA

Retorna do valor da média de acordo com sindicato e com a data informada.

CALCMEDDATA (VALOR1, VALOR2, DATA)

VALOR1: Informar o tipo de média que será calculado.

VALOR2: Informar o tipo de processo (férias, cálculo da folha ou rescisão) que será calculado.

DATA: Informar a data que será realizado o cálculo da Média.

 

VALOR1 - Neste campo poderão ser usados os seguintes valores de retorno:

1 para Férias

2 para13º Salário

3 para Aviso Prévio

5 para férias proporcionais

 

VALOR2 - Neste campo poderão ser usados os seguintes valores de retorno:

1 para Férias

2 para13º Salário

3 para Rescisão

5 para férias proporcionais

DATA - Informar a data que será realizado o cálculo da Média, exemplo: TABFUNC ('DATADEMISSAO’), TABFUNC ('INICPROGFERIAS1' ou 0(ZERO) para que o cálculo seja

 

Exemplos:

-CALCMEDDATA (1, 1, TABFUNC ('INICPROGFERIAS1’, 'D'))

  Retorna as médias de férias(1) no cálculo das Férias(1) observando o início de gozo do funcionário.

-CALCMEDDATA (1 ,3, TABFUNC ('DATADEMISSAO’, 'D'))

  Retorna as média de Férias(1) na rescisão(3), verificando a data de demissão do funcionário.

-CALCMEDDATA (2 ,3, 0)

   Retorna as médias de 13º Salário (2) na Rescisão (3), verificando a data da competência atual.

-CALCMEDDATA (3 ,3, TABFUNC ('DATADEMISSAO’, 'D'))

  Retorna as médias de Aviso Prévio (3) na Rescisão (3), verificando a data de demissão do funcionário.

 

Função CF

Retorna valor de código fixo.

CF (‘CÓD. DO EVENTO).

 

 

Função CHAPA

Retorna chapa do funcionário.

 

 

Função CHR

Retorna o caractere representado pelo número. Retorno String.

CHR(valor)

 

 

Função CODCALCULOCORRENTE

É o código de cálculo do evento que está sendo calculado no momento.

Se esta função for executada fora do cálculo do envelope ou do recibo de férias o retorno será sempre zero.

 

 

 

Função CODSEÇAO

Retorna código da seção do funcionário. Retorno String.

CODSECAO

 

 

Função CODEMPRCORRENTE

Esta variável só deve ser usada para o campo "Fórmula de Correção" em Funcionários | Empréstimo. Seu resultado só será atualizado quando se lançar o empréstimo.

Exemplos:

DECL CODIGO, PERC;

SETVAR(CODIGO, CODEMPRCORRENTE );

SETVAR(PERC, TABEMPRESTIMO ( 'SALDODEVEDOR' ,'V', CODIGO));

SE PERC > 0

ENTAO PERC * 0.10

SENAO 0

FIMSE

Ao processar em folha Mensal | Lançamento | grupo de Eventos campo Lançar empréstimo o sistema irá buscar o valor do código corrente de empréstimo e aplicar 10% ao seu valor original e realizar o desconto do empréstimo de acordo com as parcelas restantes.

Seguem os cálculos realizados pelo sistema, conforme a fórmula acima:

1) Empréstimo 1 =>Saldo Devedor de R$ 1000,00, com 5 parcelas e Fórmula de correção com 10% do saldo devedor  

    (R$1000,00 + R$100,00) / 5 = R$ 220,00

 

2) Empréstimo 1 =>Saldo Devedor de R$ 440,00, com 5 parcelas, 3 parcelas já pagas e

   Fórmula de correção com 10% do saldo devedor

  (R$440,00+ R$ 44,00) / (5 - 3) = R$ 242,00

 

  

 

Função Concat

Concateia, isto é, junta, duas strings. Recebe dois parâmetros tipo string e devolve outra.

Exemplo:

CONCA T (‘T’, CONCA T (‘O’, ‘TVS’)) 

Resultado = ‘TOTVS’

 

** Nos dois exemplos acima, separamos o T da função CONCAT pois estava ocorrendo um erro ao gravar aqui no post. Atente para usar com a forma correta a funçao.

 

 

Função COLIGADACORRENTE

Retorna o número da coligada corrente. Retorno Valor

 

 

4-Licença Maternidade

5-Férias Proporcionais

 

VALOR: Informar a quantidade de meses a ser selecionado na ficha financeira para calcular a média.

Caso informe 0(zero) o sistema considera os meses do sindicato do funcionário.

 

STRING: Informar a referência dos eventos lançados na ficha financeira do funcionário para o cálculo das médias. Deverão ser separados por (;) Ponto e Vírgula e (‘’) aspas simples.

Exemplo: ‘0001;0002;0003’

 

STRING: Informar uma sequência de parâmetros, sendo eles:

 

1º Parâmetro => Informar se deseja que o resultado da média seja em valor.

Caso informe S, o sistema retorna média em valor. (Quantidade de horas dos eventos X salário hora atual)

Caso informe N, o sistema retorna média em hora. (Quantidade de horas)

 

Exemplo:

A)    O evento informado no primeiro parâmetro STRING é do tipo HORA e o parâmetro é ‘S’

O sistema busca a quantidade de horas do evento, multiplica pelo salário hora atual e multiplicar pelo percentual informado no evento.

 

B)    O evento informado no primeiro parâmetro STRING é do tipo HORA e o parâmetro é ‘N’

O sistema busca a quantidade de horas do evento.

 

C)    O evento informado no primeiro parâmetro STRING é do tipo VALOR e o parâmetro é ‘S’

O sistema busca o valor do evento.

 

D)    O evento informado no primeiro parâmetro STRING é do tipo VALOR e o parâmetro é ‘N’

O sistema retorna zero.

 

Observação I:

Quando o funcionário utiliza salário composto, e tem um evento do tipo hora/dia/referência, e este evento NÃO está cadastrado em Funcionários |Anexo| Folha de Pagamento| Salario composto, e neste evento NÃO tem nada informado em ‘Base de salário composto’, o sistema busca o salário total do funcionário no momento do cálculo.

 

Quando o funcionário utiliza salário composto, e tem um evento do tipo hora/dia/referência, e este evento NÃO está cadastrado em Funcionários |Anexo| Folha de Pagamento| Salario composto, e neste evento TEM eventos informado em ‘Base de salário composto’, o sistema busca o valor do evento informado em ‘Base de salário composto’ no momento do cálculo.

 

Quando o funcionário utiliza salário composto, e neste evento tem um evento do tipo hora/dia/referência, e este evento ESTA cadastrado em Funcionários |Anexo| Folha de Pagamento| Salario composto, independente se existe eventos informado em ‘Base de salário composto’, o sistema busca o valor do próprio evento no momento do cálculo.

 

 

Observação II:

No momento do cálculo serão verificados os parâmetros do sindicato do funcionário.

Exemplo: Parâmetros relacionados à afastamentos, considera mês atual, etc.

 

Observação III:

Lembrando que, quando o evento é do tipo DIA/REFERÊNCIA o tratamento é feito utilizando o campo REFERÊNCIA.

 

 

2º Parâmetro => Informar se deseja que o sistema considere as fórmulas adicionais.

          

           Caso informe S, o sistema busca o valor das fórmulas adicionais para somar ao salário e calcular o valor.

           Caso contrário é utilizado apenas o salário do funcionário.

 

3º Parâmetro => Informar se deseja que o sistema calcule a média verificando a quantidade de meses do evento que teve o maior número de meses no período informado.

 

Caso informe S, o sistema pega o valor do evento e divide pela quantidade de meses do evento que teve o maior número de meses no período informado no segundo parâmetro VALOR.

Caso contrário é utilizado a quantidade de meses informado no segundo parâmetro VALOR.

 

4º Parâmetro => Definir se permite ou não a comparação dos valores de média, considerando as 3 colunas de nº de meses parametrizadas no Sindicato.

 

Caso informe S, o sistema fará a comparação da maior média para o cálculo.

                                                                                                                               

Exemplo:

CALCMEDJOR (1,0,'0062', 'SNNS')

Essa fórmula retornará:

·          1 - A média de férias,

·          0 - Os meses do sindicato;

·          0062 - O valor do evento 0062;

·          S - Retorna a média em valor;

·          N - Não utiliza as fórmulas adicionais no cálculo;

·          N - Não verifica a quantidade de meses do evento que teve o maior número de meses no período informado;

·          S – Permite a comparação dos valores de média considerando as colunas de nº de meses parametrizadas no sindicato.

 

Função CCUSTOCORRENTE

Centro de custo corrente.

 

Função CONCATVT

Concatenar valores dos campos de Vale Transporte.

CONCATVT (STRING, STRING, INDEFINIDO)

 

 

Função CONTEMVALOR

Procura determinador valor em um conjunto de valores.

CONTEMVALOR (STRING, INDEFINIDO, STRING)

 

 

Função COTACAOMOEDA

Cotação de uma moeda.

COTACAOMOEDA (STRING, DATA)

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fórmulas / Funções – D 
 


Função D

Retorna número de dependentes de IRRF cadastrado em Funcionário l Folha de pagamento l Dependente pasta incidências.

 

Função DA

Retorna total de dependentes de assistência medica cadastrado em Funcionário l Folha de pagamento l Dependente pasta incidências.

 

Função DATANULA

Retorna a data mínima do sistema 01/01/0001.

 

Exemplo:

SE DATANULA<>’00/00/0000’ ENTAO 5 SENAO 10 FIMSE

Neste exemplo o sistema retorna 10.

Entendendo que 01/01/0001 e igual ‘00/00/0000’.

Ou seja, ‘00/00/0000’, ‘ ‘, DATANULA, para o sistema é como se não existe data.

 

Função DECANO

Subtrai um número de meses de um Mês\Ano e retorna o ano do resultado.

DECANO (VALOR, VALOR, VALOR)

Onde: Decano (Mês, Ano, Quantidade de Meses)

 

Exemplo:

DECANO (10, 2013, 30) = 2011

 

Função DECMES

Deduz do mês o número do meses e retorna o mês correspondente. Esta função deve ser utilizada seguida do mês atual e do número de meses a deduzir.

DECMES (MÊS, NÚMERO DE MESES) 

 

Função DI

Retorna número de dependentes de INSS cadastrado em Funcionário l Folha de pagamento l Dependente pasta incidências.

 

Função DIADIRFER

Retorna os dias de direito de férias em real.

DIADIRFER (VALOR)

No campo VALOR deverá ser informado: 0,1 ou 2 (0 - Férias Proporcionais, 1- Férias Vencidas e 2 - Soma de Férias Proporcionais + Vencidas)

 

Exemplo:

Funcionário com 30 dias de férias vencidas + 7,5 dias de férias proporcionais

DIADIRFER (0) = 7,5

DIADIRFER (1) = 30

DIADIRFER (2) = 37,50

 

Observação:

Se for informado na fórmula um parâmetro diferente de 0,1 ou 2 o valor de retorno será a soma de Férias Proporcionais + Férias Vencidas

 

Função DIADIRFERPER

Dias de Direito de Férias até a data informada.

Esta função de fórmula é semelhante à variável DIADIRFER(valor), retorna a quantidade de dias de direito de férias até a data informada.

DIADIRFERPER (VALOR, DATA)

No parâmetro VALOR, deve informar:

0 - Férias Proporcionais,

1 - Férias Vencidas ou

2 - Soma de Férias Proporcionais + Vencidas

 

Atenção:

Se informar um parâmetro diferente de 0,1 ou 2 o valor de retorno é a soma das Férias Proporcionais + Férias Vencidas.

Exemplo:

Necessita de uma fórmula que retorne a quantidade total de dias de férias sempre no dia 18 do mês, deve criar a fórmula:

DIADIRFERPER (2, MTDATA (18, MES, ANO)).

No exemplo acima, quando calcular a rescisão para o próximo mês, o sistema verifica a competência da rescisão.

 

Função DIADT

Esta fórmula calcula quantos dias tem o mês atual, e retorna o primeiro dia do próximo mês e diminui um dia. Este será o último dia do mês atual. Desta data é utilizado somente o último dia para identificarmos a quantidade de dias do mês. Retorna uma data.

Exemplo:

MTDATA (1, INCMES(MESDT(HOJE),1) INCANO(MESDT(HOJE), ANODT(HOJE)

 

Função DIAFERPER

Retorna número de dias de férias que o funcionário tem nesse período.  

DIAFERPER (DATA, DATA)

 

Exemplo:

DIAFERPER ('17/12/2013','31/12/2013')

 

Função DIASAFT

Retorna o número de dias de afastamento.

DIASAFT (Data Inicial, Data Final, Tipo de Afastamento)

 

Exemplos:

-Funcionário afastado pela previdência (P), no período de 01/10/2001 a 30/10/2001.

Função:

DIASAFT (‘10/10/2001’ , ‘30/10/2001’ , ‘P’)

Retorno = 21 dias

 

-Funcionário afastado pela previdência (P), no período de 01/10/2001 a 30/10/2001 e afastado por Licença Remunerada (R), no período de 10/11/2001 a 20/11/2001

Função:

DIASAFT (‘01/10/2001’ , ‘15/11/2001’ , ‘PR’)

Retorno = 45 dias

 

Função DIASATESTADO

DIASATESTADO (VALOR)

No parâmetro VALOR, deve informar:

DIASATESTADO(1) 

Retorna os dias ÚTEIS, verificando o histórico de horário do funcionário

Na rescisão para o próximo mês verifica os dias de atestado da competência da rescisão.

DIASATESTADO(2) 

Retorna os dias NÃO ÚTEIS, verificando o histórico de horário do funcionário

Na rescisão para o próximo mês verifica os dias de atestado da competência da rescisão.

DIASATESTADO(3)

Retorna os dias de feriados no período de atestado.

Na rescisão para o próximo mês verifica os dias de atestado da competência da rescisão.

DIASATESTADO(4) 

Retorna os dias de descanso no período de atestado.

Na rescisão para o próximo mês verifica os dias de atestado da competência da rescisão.

DIASATESTADO(5)

Retorna a quantidade de sábados no período de atestado, independente do horário.

Na rescisão para o próximo mês verifica os dias de atestado da competência da rescisão.

 

Observação:

É observado o limite de 15 dias e os parâmetros de carência pelo mesmo afastamento informado nos parâmetros do RM Labore.

 

Função DIASEMANA

Retorna o dia da semana correspondente a determinada data.

DIASEMANA (DATA, STRING)

 

Exemplo:

-DIASEMANA (DTA, 'V')  

/* Dia da semana da data de admissão do funcionário */ 

- DIASEMANA (DTA, 'V') SETVAR (data, MTDATA(1,MES,ANO) ); /* Primeiro dia do mês */ 

SETVAR (primdia,MTDATA(1,INCMES(MES,1), INCANO(MES,ANO,1))); /* Primeiro dia do próximo mês */ 

REPITA  

SE DIASEMANA(data, 'S') = 'DOM' 

ENTAO SETVAR (cont, cont+1)  

SENAO 0 

FIMSE;

SETVAR (data, data+1)

ATE data = primdia;

Cont

/* Esta fórmula verifica quantos domingos tem no mês atual */

 

Função DIASTRAB

Retorna a quantidade de dias dentro de uma carga hora diária que o funcionário deve trabalhar em uma determinada situação.

DIASTRAB(DATAINICIO, DATAFIM, MINUTOS1(INT), MINUTOS2(INT), SITUACAO(STRING), PARAMGERAIS(STRING))

 

Atenção:

O sistema verifica o horário e seção do histórico do funcionário, caso não exista nenhum histórico é utilizado do cadastro do funcionário.

DATAINICIO e DATAFIM: Informar o período que o sistema deve considerar para calcular a de dias.

 

Exemplo:

O usuário precisa saber a quantidade de dias que o funcionário deve trabalhar entre o dia 01 e    30/04/2013.

Deve informar 01/04/2013 a 30/04/2013

MINUTOS1 e MINUTOS2: Informar em minutos a quantidade de horas diárias que o funcionário deve ter.

Pode ser informado um intervalo que o sistema deve considerar para calcular a quantidade de dias. Lembrando que deve ser informado em minutos.

 

Exemplo:

O usuário precisa saber a quantidade de dias que o funcionário deve trabalhar mais de 6 horas.

Deve informar:

MINUTOS1       361 = 06:00 ((6  x 60minutos) + 1) ‘maior que 6 horas’

MINUTOS2       0 ou -1 = sempre que informar 0(zero) ou -1(menos 1) o sistema considera até o fim da jornada diária do funcionário

 

Exemplo:

O usuário precisa saber a quantidade de dias que o funcionário deve trabalhar entre 6 e 8 horas.

Deve informar

MINUTOS1       360   = 06:00 (6  x 60minutos) ‘maior ou igual a 6 horas’

MINUTOS2       480  = 08:00 (8  x 60minutos) ‘menor ou igual a 8 horas’

 

SITUAÇÃO: Informar qual situação o sistema deve considerar, conforme valores abaixo:

T          = Trabalhadas

F          = Férias

AT        = Atestado Médico

AF        = Afastado (todos os tipos)

AF_X    = Afastado do tipo específico. Exemplo ‘P’

 

PARAMGERAIS: Atualmente contém dois parâmetros, sendo eles:

Considera feriado

Informe ‘S’ para que o sistema considere os feriados do calendário da seção do funcionário.

Caso contrário informe ‘N’ para que os feriados não sejam considerados.

 

Observação

Quando no RM Chronus o funcionário utiliza cartão de ponto, este parâmetro somente tem efeito caso esteja parametrizado no funcionário para considerar feriados.

 

Considera intervalo de refeição

Informe ‘S’ para que o sistema considere o intervalo de refeição cadastrado no horário do funcionário.

Caso contrário informe ‘N’ para que o intervalo não seja considerado.

Exemplo:

Funcionário XX tem o horário de 08:00 às 15:00 com 1 hora de intervalo para almoço. Total de horas trabalhadas = 6horas.

Funcionário ZZ tem o horário de 07:00 às 13:00 sem intervalo para almoço. Total de horas trabalhadas = 6horas.

Com o parâmetro igual S, o sistema retorna 7horas para o Funcionário XX e 6horas para o Funcionário ZZ. Caso contrário o sistema retorna 6horas para os dois funcionários.

 

Atenção:

Ao utilizar a variável DIASTRAB para retornar a quantidade de dias que o funcionário tem e informar a quantidade de horas diária maior que 6horas, e o parâmetro for igual S, o sistema deve considerar somente o Funcionário XX.

 

Exemplo:

O usuário deseja saber a quantidade de dias que o funcionário trabalhou mais de 6 horas no período de 01/06 a 30/06 sem considerar os feriados e sem considerar o intervalo de refeição, a fórmula deve ser:

DIASTRAB(‘01/06/2010’,’30/06/2010’,’361’,’0’,’T’,’NS’)

 

Atenção:

O sistema em geral só trabalha em minutos, para retornar o valor correto, para não ocorrer perdas no arredondamento. Caso o usuário deseje que retorne em horas é de responsabilidade do usuário a multiplicação por 60.

 

Exemplo:

O usuário deseja saber a quantidade de dias que o funcionário trabalhou mais de 6 horas no período de 01/06 a 30/06 sem considerar os feriados e sem considerar o intervalo de refeição, a fórmula deve ser:

DIASTRAB(‘01/06/2010’,’30/06/2010’,’361’,’0’,’T’,’NS’) ou

DIASTRAB(‘01/06/2010’,’30/06/2010’,’361’,’-1’,’T’,’NS’)

 

 

Função DNASCIM

Retorna data de nascimento. Retorno Data.

DNASCIM

 

Função DP

Retorna número de dependentes de Pensão Alimentícia. Retorno Valor.

 

Função DSR

Retorna o valor total dos eventos que incidem em DSR.

DSR (VALOR, VALOR, VALOR)

Onde os parâmetros correspondem ao mês, ano e período respectivamente. Se o período informado for zero, serão considerados todos os períodos do mês e ano informados como parâmetros.

 

Atenção:

- DSR (MES, ANO, PERIODO)

O Sistema irá calcular o valor total dos eventos que incidem em DSR do mês e ano da competência atual no período atual.

- DSR (0,0,0)

Com todos os parâmetros iguais 0 (zero) e ao ser lançados simultaneamente, através de Lançamento de Grupos Eventos, eventos que incidem em DSR e eventos com fórmula utilizando esta função, o sistema irá buscar dentro do período atual o total dos eventos que incidem DSR.

 

Função DTA

DTA

Retorna data de admissão.

 

Função DTD

 DTD

Retorna a data de demissão do funcionário demitido no mês atual.

 

Função DUTEISMES

DUTEISMES

Retorna nº de dias úteis no mês conforme cadastramento do calendário e o horário do funcionário.

 

Função DV

Retorna valor a deduzir por dependente.

 

 

Fórmulas / Funções – E 
 


 

 

 

Fórmulas / Funções – F 
 


Função F

Retorna Valor Fixo por data.

 

Função FAIXATABCALC

Retorna em que faixa da tabela de cálculo se encontra o valor informado no parâmetro, de acordo com a vigência da tabela referenciada.

FAIXATABCALC (STRING, DATA, VALOR)

O funcionário tem o salário de R$3.000,00 e foi cadastrada a tabela abaixo:

Código: IRRF

Vigência: 01/03/2013 a 31/03/2013

Faixa 1 – 0,00 a 1.787,77

Faixa 2 – 2679,30 a 3572,43

Faixa 3 – 3572,44 a 4463,81

Faixa 4 – acima de 4463,81

Ao cadastrar a fórmula FAIXATABCALC (‘IRRF’, HOJE, RC) o resultado esperado será 3, devido o salário do funcionário se enquadrar na Faixa 3.

O sistema sempre considera a tabela de cálculo que está com a vigência dentro da data informada no parâmetro da fórmula.

 

Função FDATA

Retorna o valor fixo cadastrado referente a data determinada, verificando o período de vigência em que a data está inserida.

FDATA (‘0011’, ‘2013’)

 

Atenção:

O resultado desta fórmula será o valor cadastrado no Valor Fixo de Código 0011. Caso a data não esteja cadastrada entre os períodos de vigência do Valor Fixo será retornado o valor zero.

 

Função FALSO

Retorna o valor 0 (zero) está com o valor falso.

 

Função FAPCHAPADATA

Retorna a alíquota FAP por estabelecimento. 

FAPCHAPADATA('CHAPA',MTDATA(01,MES,ANO))

 

Atenção: O resultado desta fórmula será 0 (Zero) se a seção centralizadora de CNPJ não tem cadastrado vigência de FAP por estabelecimento, 1 quando possui vigência para o FAP mas não possui alíquota na data informada, ou o valor da alíquota referente ao FAP.

 

Função FERIADOEMDUTIL

Retorna quantidade de feriados encontrados nos dias em que o funcionário trabalhou.

 

Atenção:

A variável verifica admissão, demissão, afastamento, férias, histórico de seção e histórico de horário.

Na rescisão para o próximo mês verifica os feriados da competência da rescisão.

 

Função FERIADOEMDUTILPER

Retorna o número de feriados encontrados nos dias em que o funcionário trabalhou no período informado.

FERIADOEMDUTILPER (DATA, DATA)

 

Atenção:

A variável verifica admissão, demissão, afastamento, férias, histórico de seção e histórico de horário.

Na rescisão para o próximo mês verifica os feriados da competência da rescisão.

 

Função FERIADOS

Retorna a quantidade de feriados entre duas datas conforme calendário informado na seção do funcionário.

FERIADOS (DATA INICIAL, DATA FINAL)

 

Exemplo:

FERIADOS (‘01/01/2014’, ‘29/02/2014’)

 

Função FERIADOSINT

Retorna nº de feriados em um intervalo do mês de competência.

FERIADOSINT (DIAINICIO, DIAFIM)

 

Atenção:

Digite apenas os dias inicial e final, sem informar mês e ano.

 

Função FERIADOSMES

Retorna nº de feriados no mês

 

Função FNOMEMAE

Retorna nome da mãe do funcionário. String

 

Função FNOMEMAE

Retorna nome do pai do funcionário. String

 

Função FOR

Retorna resultado de uma fórmula

FOR (‘CÓD. DA FÓRMULA’)

 

Exemplo:

SE FOR (‘121’) > RC*1.2 ENTAO FOR (‘122’) SENAO FOR(‘123’) FIMSE

Neste exemplo, se o resultado da fórmula 121 for maior que o produto da multiplicação do salário-base do funcionário por 1.2, então o sistema executará a fórmula 122. Caso contrário, será executada a fórmula 123.

 

Função FRAC

Retorna parte fracionária de um valor.

FRAC (Valor)

 

Exemplo:

FRAC (20.6). Retornará 0.6

 

 

 

Fórmulas / Funções – G 
 


Função G

Retorna valor correspondente a anuênio, biênio, etc.

 1 equivale a anuênio;

 2, a biênio, etc…

             G ( VALOR )

 

Exemplo:

Como calcular o triênio

             SE G(3) >= 1 ENTAO MIN ((RC + C("0084")) * 0.01, 151) SENAO 0 FIMSE

 

Função GDT

Retorna a quantidade de anuênio, biênio, etc na data informada na fórmula, considerando os afastamentos que estornam o tempo de serviço.

GDT (VALOR, DATA)

Onde o valor poderá ser:

1= anuênio,

2= biênio,

3= triênio etc

 

Exemplo:

GDT (3, '01/12/20013') – Retorna a quantidade de triênio do funcionário em 01/12/2013.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fórmulas / Funções - H 
 


Função H

Retorna salário-hora. Tipo do retorno Valor.

 

Atenção:

As variáveis de fórmula que são relativas a movimentação do funcionário, como a H, não devem ser utilizados para fórmula de seleção. Porque no momento da seleção, o sistema ainda não executou a movimentação do funcionário. Desta forma, estas funções/variáveis irão retornar sempre "zero".

 

Função HANT

Retorna salário-hora em uma data determinada.

HANT (‘DATA’)

 

Função HC

Retorna salário-hora nominal. Tipo de retorno Valor.

HC

 

Função HISTCOMPRAVT

Retorna valor de um Campo do Histórico de Compra de Vale Transporte.

HISTCOMPRAVT (VALOR,VALOR,STRING,DATA,VALOR,STRING)

Onde:

Valor - Ano comp

Valor- Mês comp

String –Código Linha

Data – Data Inicio

Valor –Viagem Diarias

String - Campo da Tabela PFHSTFCOMPRAVT

 

Sugestão de Fórmula

DECL (TOTVALES);

DECL (STRAUX);

 

SETVAR (TOTVALES, HISTCOMPRAVT  ( ANO , MES, LINHAVTCORRENTE ('CODLINHA') , DATANULA, -1, 'TOTALVALESENTREGUE') );

SETVAR (TOTVALES, ARRED(TOTVALES / 20 * 22));

 

SETVAR (STRAUX, '');

SETVAR (STRAUX, CONCATVT (STRAUX , 'TOTALVALESENTREGUE', TOTVALES));

SETVAR (STRAUX, CONCATVT (STRAUX, 'DIASPERIODO',  22));

 

STRAUX

 

Função HOJE

Retorna a data corrente. Tipo de retorno Data.

HOJE

 

Função HORDESCDIA

Retorna os intervalos de descanso cadastrados em uma data. Tipo de retorno String.

HORDESCDIA(DATA)  Verificar

 

Exemplo:

HORDESCDIA (‘05/01/2014’) = DESC (00:00 - 24:00)

 

 

Função HORNORMDIA

Retorna Batidas de um  horário cadastrado em um data.

HORNORMDIA (DATA) String

 

Exemplo:

HORNORMDIA (‘01/04/2013’) = 08:30E 12:30S 14:00E 18:00S

 

 

Função HR

Retorna os minutos de um Evento no movimento atual.

HR (‘Codevento ’) String

 

Atenção:

As variáveis de fórmula que são relativas a movimentação do funcionário, como a HR, não devem ser utilizados para fórmula de seleção. Porque no momento da seleção, o sistema ainda não executou a movimentação do funcionário. Desta forma, estas funções/variáveis irão retornar sempre "zero".

 

 

 

Função HORASTRAB

Retorna a quantidade de horas que o funcionário deve trabalhar em uma determinada situação.

HORASTRAB(DATAINICIO, DATAFIM, INICIOINTERVALO, FIMINTERVALO, SITUACAO, PARAMGERAIS)

ONDE:

DATAINICIO e DATAFIM: Informar o período que o sistema deve considerar para calcular a quantidade de horas.

 

INICIOINTERVALO e FIMINTERVALO: Informar o intervalo que o sistema deve considerar para calcular a quantidade de horas. Lembrando que deve ser informado em minutos.

 

Exemplo:

O usuário necessita saber separadamente a quantidade de horas no período diurno (de 05:00 as 22:00), e noturno (de 22:00 as 05:00), deve criar duas fórmulas informando o intervalo abaixo:

Horário Diurno

INICIOINTERVALO        300       = 05:00 (5  x 60minutos)

FIMINTERVALO           1320     = 22:00 (22 x 60 minutos)

 

Horário Noturno

INICIOINTERVALO       1320     = 22:00 (22 x 60 minutos)

FIMINTERVALO              300   = 05:00 (5  x 60minutos)

 

OBSERVAÇÃO

Caso o usuário deseje que o sistema considere o dia inteiro deve passar -1 nos parâmetros INICIOINTERVALO e FIMINTERVALO.

 

Exemplo:

O usuário deseja saber a quantidade de horas trabalhadas no período de 01/08/2009 a 31/08/2009 sem intervalo de horário e sem considerar os feriados, a fórmula deve ser:

HORASTRAB(‘01/08/2009’, ‘30/08/2009’,’-1’,’-1’,’T’,’NN’)

 

SITUAÇÃO: Informar qual situação o sistema deve considerar, conforme valores abaixo:

T         = Trabalhadas

F         = Férias

AT       = Atestado Médico

AF       = Afastado (todos os tipos)

AF_X   = Afastado do tipo específico. Exemplo ‘P’

 

 

PARAMGERAIS: Atualmente contém dois parâmetros, sendo eles:

Considera feriado

Informe ‘S’ para que o sistema considere os feriados do calendário da seção do funcionário.

Caso contrário informe ‘N’ para que os feriados não sejam considerados.

 

OBSERVAÇÃO:

Quando no RM Chronus o funcionário utilizar cartão de ponto, este parâmetro somente tem efeito caso esteja parametrizado no funcionário para considerar feriados.

 

Considera intervalo de refeição

Informe ‘S’ para que o sistema considere o intervalo de refeição cadastrado no horário do funcionário.

Caso contrário informe ‘N’ para que o intervalo não seja considerado.

 

Exemplo:

Funcionário XX tem o horário de 08:00 às 15:00 com 1 hora de intervalo para almoço. Total de horas trabalhadas = 6horas.

Funcionário ZZ tem o horário de 07:00 às 13:00 sem intervalo para almoço. Total de horas trabalhadas = 6horas.

 

Com o parâmetro igual S, o sistema retorna 7 horas para o Funcionário XX e 6horas para o Funcionário ZZ. Caso contrário o sistema retorna 6horas para os dois funcionários.

 

 

AtençãoI:

O sistema em geral só trabalha em minutos, para retornar o valor correto, para não ocorrer perdas no arredondamento. Caso o usuário deseje que retorne em horas é de responsabilidade do usuário a multiplicação por 60.

 

AtençãoII:

        Atualmente a variável só funciona para quem utiliza o RM Chronus.

        Deve estar configurado para bater ponto no RM Chronus (Existir na APARFUN);

        Deve estar com o parâmetro ‘utiliza horário do RM Chronus para professor’ definir para TRUE, quando o   funcionário for professor;

 

Exemplo:

O usuário deseja saber a quantidade de dias que o funcionário trabalhou mais de 6 horas no período de 01/06 a 30/06 sem considerar os feriados e sem considerar o intervalo de refeição, a fórmula deve ser:

HORASTRAB(‘01/06/2010’,’30/06/2010’,’361’,’0’,’T’,’NS’) ou

HORASTRAB(‘01/06/2010’,’30/06/2010’,’361’,’-1’,’T’,’NS’)

 

Função HORACODCALCULO

Retorna a hora do código de cálculo informado.

HORACODCALCULO(valor)

 

Exemplo:

HORACODCALCULO(1)

            O sistema retornou 13200 =220*60.

 

Atenção:

Na rescisão para o próximo mês verifica os dias trabalhados da competência da rescisão.

 

 

Fórmulas / Funções - I 
 


Função I

Retorna número de filhos para salário família.

 

Função IDADE

Retorna a idade do funcionário no primeiro dia do mês de competência.

IDADE (MTDATA (1, MÊS, ANO)).

 

Exemplo

IDADE (HOJE)

/* onde a variável HOJE é a data que será comparada com a data de nascimento do funcionário*/

 

Função INCANO

Soma ao mês o número de meses e retorna o ano correspondente.

INCANO (MÊS, ANO, NÚMERO DE MESES)

 

Exemplo

INCANO (10, 2013, 5) = 2014

A função somará 5 ao mês de outubro de 2013, retornando 2014.

 

 

 

Função INCDEP

Retorna "1" se o dependente estiver com a determinada incidência marcada e "0" em caso contrário.

INCDEP (Número do Dependente, Número da incidência)

 

Observação

A variável INCDEP busca somente as incidências na pasta dependentes | incidências | outras incidências no cadastro dos funcionários. É importante identificar os Códigos criados para os tipos de Outras Incidências em uma tabela dinâmica específica - Código INT37 (Administração Pessoal lCadastros Globais | Tabelas Dinâmicas).

 

Exemplo

A empresa precisa conhecer quantos são os dependentes do tipo Filho Válido e do sexo feminino para comprar presentes de Natal.

Na tabela dinâmica INT37, o item 2 refere-se a Presentes de Natal:

É necessário criar uma sentença SQL para identificar todos os dependentes do tipo Filho Válido e do sexo Feminino dos funcionários da coligada 1

 

Sentença SQL Código H0005:

 

SELECT CODCOLIGADA, CHAPA, NOME, NRODEPEND, SEXO, GRAUPARENTESCO FROM PFDEPEND

WHERE GRAUPARENTESCO=1 AND SEXO = 'F' AND CODCOLIGADA = 1

 

Fórmula:

 

DECL (CONT, PR2); /* CONT conta dependentes, PR2 parâmetro 2 de INCDEP */

SETVAR (PR2,2); /* Incidência 2 na pasta Administração Pessoal l Funcionário l Anexo l Folha de pagamento l Dependente */

SE EXECSQL('H0005') = VERDADE

ENTAO

REPITA  

SE INCDEP (RESULTSQL ('H0005', 'NRODEPEND'), PR2) = 1 /* Resultado da coluna NRPDEPEND e Valor da PR2) */ 

ENTAO SETVAR (CONT, CONT+1) 

FIMSE 

ATE PROXREGSQL('H0005') = FALSO  

FIMSE;

             CONT

 

 

Função INCMES

Soma ao mês informado o número de meses e retorna o mês correspondente.

             INCMES (MÊS, NÚMERO DE MESES)

 

Exemplo

INCMES (10, 20) = 6

 

Função INIPERAQUIS

Esta fórmula retorna a data de início do último período aquisitivo em aberto. Confira os dados cadastrais em Funcionário| | período aquisitivo

INIPERAQUIS (‘D’), onde ‘D’ é o retorno da data.

 

 

Exemplo

             INIPERAQUIS('D’) retorna 04/10/2010

INIPERAQUIS('D’) +364 retorna 03/10/2011

 

Se o ano for bissexto:

INIPERAQUIS('D’) retorna 04/10/2012

INIPERAQUIS('D’) +365 retorna 03/10/2013

 

 

Função INT

Retorna parte inteira de um valor.

INT (VALOR)

 

Exemplo

INT (50.3)

Retornará 50.

 

 

 

Função IRRFDC

Retorna IRRF descontado. Retorno Valor

IRRFDESC

 

 

Função INFEMP

Retorna informações do empréstimo que tem o Saldo Devedor maior que 0(zero)

INFEMP (VALOR, STRING)

 

Onde:

Valor deve informar:

 -1= Total de Empréstimo pendente;

 -2= Total do saldo devedor dos empréstimos pendentes

  Ordem default do empréstimo = Quando desejar que retorne qualquer valor da tabela de empréstimo.

 

Atenção:

A ordem default é a ordem de visualização apresentada na abertura do anexo Empréstimo, considerando apenas os empréstimos que tem Saldo Devedor maior que 0(zero).

 

Exemplo:

O funcionário tem três empréstimo, sendo que o primeiro tem Saldo Devedor 0,00 (zero), o segundo tem Saldo Devedor R$500,00 e o terceiro Saldo Devedor R$700,00.

Ao preencher com 1(um) neste campo, é considerado os dados do segundo empréstimo. Se preencher 2(dois) é considerado o terceiro empréstimo.

 

String

Preencher somente quando o campo Valor for preenchido com a 'Ordem defaut do empréstimo'. Caso contrário preencher com vazio ' '.

Os campos possíveis para preenchimento são:

CODIGO

CODIGOEVENTO

DTEMPRESTIMO

INICIODESCONTO

NROPARCELAS

NROPARCPAGAS

PERIODICIDADE

VALORORIGINAL

TIPOEMPRESTIMO

SALDODEVEDOR

 

Exemplo:

O funcionário tem os seguintes empréstimos cadastrados:

CODIGO           CODIGOEVENTO          NROPARCPAGAS         SALDODEVEDOR

001                  0060                            5                                  R$0,00

002                  0061                            10                                R$500,00

003                  0062                            2                                  R$700,00

 

Para a fórmula INFEMP (1, NROPARCPAGAS) retorna 10. O nº de parcelas do primeiro empréstimo com Saldo Devedor maior que 0(zero)

 

 

Função INTTOSTRFORMAT

Converte um valor inteiro para string (texto) preenchendo com zeros.

INTTOSTRFORMAT (VALOR, VALOR)

Onde:

Valor1 = Informe o número que será convertido.

Valor2= quantos zeros serão acrescentado no número que será convertido.

 

 Exemplo:

 INTTOSTRFORMAT(9,5) =000009

 

 

Fórmulas / Funções - J 
 


Função J

Retorna a jornada mensal.

  J

 

Função JORSALCOMP

Retorna a jornada do evento.

 

Observação:

Será retornado o valor total da jornada para este evento, caso o evento seja dividido em mais de um centro de custo será retornado a soma das jornadas de todos os centros de custos.

 

Exemplo:

            JORSALCOMP('0001')

 

 

Função JORSALCOMPCC

Retorna o valor da jornada do evento por centro de custo.

JORSALCOMPCC (String, String)

 

Exemplo:

JORSALCOMPCC ('0002’, '01.1')

             Onde:

             0002 = (Código de um evento)

             01.1 =( centro de custo )

   

  

Fórmulas / Funções – L 
 


Função L

Retorna salário líquido.

 

            Atenção

As variáveis de fórmula que são relativas a movimentação do funcionário, como a L, não devem ser utilizados para fórmula de seleção. Porque no momento da seleção, o sistema ainda não executou a movimentação do funcionário. Desta forma, estas funções/variáveis irão retornar sempre "zero".

 

 

 

Função LI

Retorna o acumulado mensal de determinado evento, no período atual, mês e ano de competência.

LI (‘CODIGO DO EVENTO’)

 

 Observação:

  Se o evento estiver sendo calculado ele não aparece no período atual.

 

 

 

Função LIMITEMAX

Retorna sempre o limite máximo da tabela de cálculo.

LIMITEMAX ('CÓDIGO DA TABELA')

 

 

Exemplo

LIMITEMAX ('INSS') /* LIMITE MAXIMO DE UMA TABELA INSS */

LIMITEMAX ('IRRF') /* LIMITE MAXIMO DE UMA TABELA IRRF */ 

 

 

Função LIQFERIAS

Retorna o liquido de férias.

LIQFERIAS

 

Observação:

-Quando a variável LIQFERIAS é utilizada no recibo de férias, o retorno será o valor daquele recibo.

-Quando a variável LIQFERIAS é utilizada no envelope de pagamento, o retorno será o líquido do primeiro recibo de férias que está com a situação diferente de ‘F-Finalizadas’.

-Caso não encontre nenhum período não finalizado, será retornado o líquido do último recibo de férias ‘F-Finalizadas’.

 

 

Função LIQFERIASDATA

LIQFERIASDATA (DATA, DATA, TIPO)

Retorna o líquido do recibo de férias conforme intervalo de data de pagamento e tipo informado.

No parâmetros DATA1 e DATA2 informe o intervalo da data de pagamento a ser considerada.

No parâmetro TIPO informe:

0 = Retorna o somatório dos líquidos de todos os recibos de férias.

1 = Retorna o líquido do primeiro recibo de férias.

2 = Retorna o líquido do último recibo de férias.

 

Atenção I:

São considerados apenas férias com situação ‘M-Marcadas ou ‘P-Pagas’.

 

Exemplo:

O funcionário gozou férias nos períodos:

Período de Gozo                     Data de Pagamento    Situação Férias           Valor Líquido

06/06/2011 a 25/06/2011           03/06/2011                    P-Pagas                       R$800,00

01/07/2011 a 10/07/2011           29/06/2011                    M-Marcadas                  R$400,00

 

Fórmula: LIQFERIASDATA(01/06/2011,30/06/2011,0), retorna R$1.200,00

Fórmula: LIQFERIASDATA(01/06/2011,30/06/2011,1), retorna R$800,00

            Fórmula: LIQFERIASDATA(01/06/2011,30/06/2011,2), retorna R$400,00

 

 

 

Função LIQUIDOFF

Função que apresenta o líquido do funcionário em um determinado ano, mês e período

LIQUIDOFF (VALOR, VALOR, VALOR)

Onde:

1º parâmetro é o ano

2º parâmetro é o mês

3º parâmetro é o período. 

 

 

Exemplo

LIQUIDOFF (2013, 8, 2) O sistema apresentará o líquido do funcionário do período 2 de 08/2013.

 

Observação:

Caso o usuário deseja o líquido de todos os períodos, deve-se informar o valor 0 (zero) no 3º parâmetro da função.

 

 

 

Função LIQPERIODOS

Retorna valor líquido do movimento da ficha financeira

LIQPERIODOS (VALOR, VALOR, STRING)

Onde:

Valor = Mês

Valor = Ano

String = Período

 

 

Função LIQPROVFER

Retorna o liquido da provisão de Férias.

Esta função deverá ser utilizada exclusivamente no processo de provisão, em qualquer outro processo o retorno será zero.

O ideal é utilizá-la é nos eventos adicionais, devido os eventos adicionais serem calculados somente no final, ou seja, após o cálculo da provisão do período vencido e do período proporcional.

A ordem de cálculo dos eventos adicionais segue a prioridade do evento, que irá influenciar também no valor retornado por esta função.

 

Segue a ordem de cálculo da provisão:

1º.    Calcula o valor das férias do(s) período(s) vencido(s), considerando férias, médias e 1/3 de férias.

2º.    Calcula o valor das férias do período proporcional, considerando férias, médias e 1/3 de férias.

3º.    Calcula os eventos adicionais de férias.

Para este cálculo o sistema primeiro busca os eventos adicionais informados no cadastro de férias do funcionário e os eventos adicionais dos parâmetros globais de férias e em seguida ordena pela prioridade do evento. Possibilitando ao usuário definir quais eventos adicionais deverão compor o valor da variável LIQPROVFER.

Caso o evento adicional que contém a fórmula com a função LIQPROVFER tenha a prioridade menor do que os demais eventos adicionais, nenhum dos outros eventos entrarão para o cálculo do valor.

Caso o evento adicional que contém a fórmula com a função LIQPROVFER tenha a prioridade maior do que os demais eventos adicionais, todos os outros eventos serão considerados no cálculo do valor.

 

Atenção:

Os eventos adicionais são provisionados somente uma vez, independentemente do número de períodos aquisitivos. Exceto quando o parâmetro “Proporcionalizar conforme dias direito” está marcado, neste caso o valor dos eventos adicionais será proporcionalizado pelos avos totais de todos os períodos.

 

Exemplo:

O Funcionário tem 12/12 avos vencidos e 8/12 avos proporcionais, o cálculo será (valor dos eventos adicionais / 12 * 20).

 

 

Função LIQPROV13

Retorna o liquido da provisão de 13º Salário.

Esta função deverá ser utilizada exclusivamente no processo de provisão, em qualquer outro processo o retorno será zero.

O ideal é utilizá-la é nos eventos adicionais, devido os eventos adicionais serem calculados somente no final, ou seja, após o cálculo da provisão.

A ordem de cálculo dos eventos adicionais segue a prioridade do evento, que irá influenciar também no valor retornado por esta função.

 

Segue a ordem de cálculo da provisão:

1º.    Calcula o valor do 13º salário.

2º.    Calcula os eventos adicionais de 13º salário.

Para este cálculo o sistema busca os eventos adicionais dos parâmetros globais de 13º salário e em seguida ordena pela prioridade do evento. Possibilitando ao usuário definir quais eventos adicionais deverão compor o valor da variável LIQPROV13.

Caso o evento adicional que contém a fórmula com a função LIQPROV13 tenha a prioridade menor do que os demais eventos adicionais, nenhum dos outros eventos entrarão para o cálculo do valor.

Caso o evento adicional que contém a fórmula com a função LIQPROV13 tenha a prioridade maior do que os demais eventos adicionais, todos os outros eventos serão considerados no cálculo do valor.

 

 

Função LINHAVTCORRENTE

Retorna a Linha de Vale transporte corrente.

LINHAVTCORRENTE (STRING)

Onde:

String é um campo da tabela de LINHAVTCORRENTE

 

  Observação

               A função só funciona no processo “Gerar compra de vale transporte”.

 

 

Função LTRANS

Retorna código da linha de transporte utilizada pelo funcionário.

LTRANS(VALOR)

Onde o valor é o número de ordem de cadastramento da linha para o funcionário.

 

 

   Exemplo

DECL k, Linha, Res;

SETVAR(k, 1);
SETVAR(Res, 0);

REPITA
SETVAR (Linha, LTrans(k));

SE Linha <> '' ENTAO
SETVAR(Res, Res + NVD(Linha) * VlrVale(Linha) )
FIMSE;
SETVAR (k, k + 1)
ATE Linha = '';

MIN(RC * 0.06, C('0032')) + Res * N('0008');

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fórmulas / Funções – M 
 


Função Max

Retorna o maior valor entre dois valores informados.

MAX (VALOR, VALOR)

 

 

Função MEDCOMIS

Retorna o valor da Média de Comissão referente ao campo "Número de Meses" em Administração de Pessoal | Sindicato.

Quando o valor do mínimo garantido pelo Sindicato for maior que o valor da média calculada, o sistema tem a opção para que retorne o valor da média calculada. Para isto é necessário adicionar na formula o parâmetro 'PARAMS: S', para ignorar o mínimo do sindicato.

A formula ficaria assim: MEDCOMIS ("STRING PARAMS:S'), onde:

 

STRING seria de acordo com os tipos de média abaixo:

1 para Férias· 

2 para13º Salário·

3 para Aviso Prévio·

4 para Licença maternidade

5 para Avos Totais de Férias (entre vencidas e proporcionais)

 

PARAMS é uma variável fixa que indica se irá ignorar ou não o mínimo garantido. Se informar S, o mínimo será ignorado. Se for N, será considerado o mínimo do sindicato.

 

Observação

 

Mesmo informando N para a variável PARAMS e o mínimo do sindicato seja menor que o valor da média encontrado, deverá retornar o de maior valor, que neste caso, é a médica calculada.

A utilização do Parâmetro PARAMS na fórmula é opcional. Caso use somente a variável STRING, sempre irá retornar o de maior valor encontrado entre média calculada ou mínimo garantido. Neste caso a Fórmula ficaria assim: MEDCOMIS (STRING).

Os eventos de comissão devem estar com o campo "Compõe Comissão" marcado.

 

 

Função MEDCOMISDATA.

Retorna o valor da Média de Comissão de acordo com o sindicato e com a data informada.

MEDCOMISDATA (VALOR, VALOR, DATA)

Onde:

VALOR1:

Informar o tipo de média que será calculado.

VALOR2:

Informar o tipo de processo (férias, cálculo da folha ou rescisão) que será calculado.

DATA:

Informar a data que será realizado o cálculo da Média.

 

Observações:

De acordo com a sintaxe MEDCOMISDATA (VALOR1, VALOR2, DATA):

VALOR1 - Neste campo poderão ser usados os seguintes valores de retorno:

1 para Férias

2 para13º Salário

3 para Aviso Prévio

5 para férias proporcionais

 

VALOR2 - Neste campo poderão ser usados os seguintes valores de retorno:

1 para Férias

2 para13º Salário

3 para Rescisão

5 para férias proporcionais

 

DATA - Informar a data que será realizado o cálculo da Média de Comissão, exemplo: TABFUNC ('DATADEMISSAO’), TABFUNC ('INICPROGFERIAS1' ou 0(ZERO) para que o cálculo seja realizado na competência atual.

 

             Exemplos:

MEDCOMISDATA (1, 1, TABFUNC ('INICPROGFERIAS1’, 'D'))

Retorna as médias de Comissão de férias(1) no cálculo das Férias(1) observando o início de gozo do funcionário.

 

MEDCOMISDATA (1 ,3, TABFUNC ('DATADEMISSAO', 'D'))

Retorna as média de Comissão de Férias(1) na rescisão(3), verificando a data de demissão do funcionário.

 

MEDCOMISDATA (2 ,3, 0)

Retorna as médias de Comissão de 13º Salário (2) na Rescisão (3), verificando a data da competência atual.

 

MEDCOMISDATA (3 ,3, TABFUNC ('DATADEMISSAO', 'D'))

Retorna as médias de Comissão de Aviso Prévio (3) na Rescisão (3), verificando a data de demissão do funcionário.

 

 

Função MEDSUBST

Retorna o valor da média de substituição do funcionário, tendo como base o intervalo de datas de substituição informado como parâmetro.

MEDSUBST (‘DATA DE INICIO DO INTERVALO’, ‘DATA DE FIM DO INTERVALO’, ‘NUMERO DE MESES PARA MEDIA ‘)

 

Observação:

O número de horas utilizado no cálculo é o número de horas calculado e não mais o informado pelo usuário. Teoricamente, este valor já deve estar na tabela de substituições na hora do cálculo da fórmula. O mesmo é preenchido durante o cálculo da movimentação do funcionário.

 

 

 Exemplo:

Em Administração de Pessoal l Funcionários l ícone visualizar ficha financeira | pasta substituição.

 Suponhamos que o Funcionário substitui dois funcionários:

1) No mês 10/2013, 10 dias (73:20 horas) na função do funcionário 00203.

2) No mês 11/2013, 30 dias (220:00 horas) na função do funcionário 00202.

 

Cadastrar a formula abaixo:

            MEDIASUBST('01/01/2013', '30/11/2013', 11)

 

Demonstração do Cálculo da Fórmula:

Salário hora dos Funcionários Substituídos:

Funcionário 00203: 361,00 / 220 = 1,64

Funcionário 00202: 585,26 / 220 = 2,66

Salário hora do Funcionário Substituido:

185,26 / 220 = 0,84

Transformar o número de horas substituídas em minutos:

73:20 horas = 4400 minutos

220:00 horas = 13200 minutos

Diferença entre o salário hora do substituído e do Substituido:

1,64 - 0,84 = 0,80

2,66 - 0,84 = 1,82

Cálculo da Média:

(4400 / 60) / 11 * 0,80 = 5,33

(13200/ 60) / 11 * 1,82 = 36,36

5,33 + 36,36 = 41,69 (Resultado da fórmula).

 

 

 

 

Função Memoria

Retorna um valor armazenado em memória

MEMORIA (INDEFINIDO)

 

Observações:

-Tipo de retorno: indefinido (de acordo com conteúdo da memória)

-Para atribuir valor a uma memória, deve-se usar a função Atribui.

 

 

Função Mês

Retorna mês de competência.

Mês

 

Função MESCX

Retorna mês-caixa.

MESCX

 

Função MESDT

Retorna o mês de uma data.

MESDT (DATA)

 

 

 Exemplo

 MESDT (22/08/1997)

Retornará ‘8’.

 

 

Função MH

Retorna os minutos de um evento da ficha financeira.

MH (MÊS, ANO, ‘CÓD. DO EVENTO)

 

 

Observação:

O parâmetro MÊS da variável acima é o seguinte Meses para Pesquisa

0 - do ano informado

MH (0,2013,'0001')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0001 do ano informado (segundo parâmetro) na ficha financeira.

 

15 - do ano corrente

MH (15,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 na ficha financeira do ano corrente.

 

16 - do período aquisitivo

MH (16,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de horas do evento 0082 conforme o último período Aquisitivo no Histórico de Férias do funcionário.

 

Observação:

1 - Para férias o parâmetro de ano não será considerado, ou seja, retorno referente a férias será considerado o primeiro período aquisitivo em aberto encontrado para o funcionário.

2 - Os eventos serão contabilizados no final do período aquisitivo quando o mês for partido.

Exemplo: Período aquisitivo de 16/10/2015 a 15/10/2016 e 16/10/2016 a 15/10/2017, se houver evento de faltas a serem considerados em 10/2016, este evento será considerado para o período 16/10/2015 a 15/10/2016 que termina em 10/2016.

 

Para os meses 17, 18, 19 e 20, os cálculo serão verificados em Administração de Pessoal | sindicatos | pasta médias nos campos “Número de Meses”

 

 17 - do período da média de férias;(Tipo de média)

MH (17,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de horas do evento 0082 conforme o período da Média de Férias do sindicato do funcionário. Se no sindicato estiver parametrizado com média do período aquisitivo o sistema retornará o total de horas do evento dentro do período aquisitivo de férias do funcionário.

 

18 - do período da média de 13º; (Tipo de Média)

MH (18,2013,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de 13o Salário do sindicato do funcionário.

19 - do período da média de aviso prévio e;(Tipo Média)

 

MH (19,2013,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de Aviso do sindicato do funcionário.

20 - do período da média de licença maternidade. (Tipo Média)

 

MH (20,2013,'0084')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de Licença Maternidade do sindicato do funcionário

 

 

 

Função MIM

Retorna o menor valor entre dois valores informados.

MIN (VALOR, VALOR)

 

 

Função Minga

Retorna mínimo garantido pelo sindicato.

MINGA

 

Função MINGADATA

Retorna mínimo garantido pelo sindicato em uma determinada data

MINGADATA (DATA)

 

Exemplo:

MINGADATA(01/10/2013),

Retornará o valor do mínimo garantido estipulado a partir de 01/10/2013

 

Função MN

Retorna o número de ocorrências de um evento na ficha financeira.

MN (MÊS, ANO, ‘CÓD. DO EVENTO)

 

Observação:

O parâmetro MÊS da variável acima é o seguinte Meses para Pesquisa.

0 - do ano informado

MN (0,2013,'0001')

Esta fórmula retorna o total de ocorrência do evento 0001 do ano informado (segundo parâmetro) na ficha financeira.

 

15 - do ano corrente

MN (15,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de ocorrências do evento 0082 na ficha financeira do ano corrente.

 

16 - do período aquisitivo

MN (16,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de ocorrências do evento 0082 conforme o último período Aquisitivo no Histórico de Férias do funcionário.

Para os meses 17, 18, 19 e 20, os cálculo serão verificados em Administração de Pessoal | sindicatos | pasta médias nos campos “Número de Meses”

 

17 - do período da média de férias;(Tipo de média)

MN (17,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de ocorrências do evento 0082 conforme o período da Média de Férias do sindicato do funcionário. Se no sindicato estiver parametrizado com média do período aquisitivo o sistema retornará o total de horas do evento dentro do período aquisitivo de férias do funcionário.

 

18 - do período da média de 13º; (Tipo de Média)

MN (18,2013,'0082')

Esta fórmula retorna o total de ocorrências do evento 0082 conforme o período da Média de 13o Salário do sindicato do funcionário.

19 - do período da média de aviso prévio e;(Tipo Média)

 

19 - do período da média de aviso prévio; (Tipo de Média)

MN (19,2013,'0082')

Esta fórmula retorna o total de ocorrências do evento 0082 conforme o período da Média de Aviso do sindicato do funcionário.

20 - do período da média de licença maternidade. (Tipo Média)

 

20 - do período da média de Licença Maternidade; (Tipo de Média)

MN (20,2013,'0084')

Esta fórmula retorna o total de ocorrências do evento 0082 conforme o período da Média de Licença Maternidade do sindicato do funcionário

 

Função MR

Retorna o valor da referência de um evento da ficha financeira.

MR (MÊS, ANO, ‘CÓDIGO DO EVENTO’)

 

Observação:

O parâmetro MÊS da variável acima é o seguinte Meses para Pesquisa.

0 - do ano informado

MH (0,2013,'0001')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0001 do ano informado (segundo parâmetro) na ficha financeira.

 

15 - do ano corrente

MH (15,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 na ficha financeira do ano corrente.

 

16 - do período aquisitivo

MH (16,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de horas do evento 0082 conforme o último período Aquisitivo no Histórico de Férias do funcionário.

Para os meses 17, 18, 19 e 20, os cálculo serão verificados em Administração de Pessoal | sindicatos | pasta médias nos campos “Número de Meses”

 

 17 - do período da média de férias;(Tipo de média)

MH (17,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de horas do evento 0082 conforme o período da Média de Férias do sindicato do funcionário. Se no sindicato estiver parametrizado com média do período aquisitivo o sistema retornará o total de horas do evento dentro do período aquisitivo de férias do funcionário.

 

18 - do período da média de 13º; (Tipo de Média)

MH (18,2013,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de 13o Salário do sindicato do funcionário.

19 - do período da média de aviso prévio e;(Tipo Média)

 

MH (19,2013,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de Aviso do sindicato do funcionário.

20 - do período da média de licença maternidade. (Tipo Média)

 

MH (20,2013,'0084')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de Licença Maternidade do sindicato do funcionário

 

 

 

 

Função MTDATA

Monta uma data a partir de um dia, um mês e um ano informados.

MTDATA (DIA, MES, ANO)

 

Exemplo:

MTDATA(1,9,2013) = 01/09/2013.

 

 

Função MUDOUCCUSTOMES

Retorna 1 (um) quando o funcionário estava, no fim da competência anterior, em centros de custos diferente do atual. Em caso contrário, a função retorna 0 (zero).

MUDOUCCUSTOMES

 

 

 

 

Observações:

- A variável de fórmula MUDOUCCUSTOMES - "Mudou de Centro de Custos no Mês" será utilizada na operação de estorno da contabilização de encargos para os funcionários transferidos entre seções de um mesmo CGC e com centros de custos distintos.

 

- A variável de fórmula MUDOUCCUSTOMES para efeitos de comparação, considera os centros de custos associados às seções onde o funcionário estava lotado no fim das competências atual e anterior. Se o funcionário mudou para uma seção diferente no início da competência atual e retornou para a mesma seção em que estava lotado no fim da competência anterior, o resultado da função retornará Falso (zero).

- Os centros de custos considerados são centros de custos do RM Labore. A variável MUDOUCCUSTOMES não compara mudanças de centros de custos de Globais.

- Quando a variável MUDOUCCUSTOMES for utilizada na Folha Analítica ou Contabilização o sistema irá verificar o mês e ano informado na geração dos relatórios invés do mês e ano da competência da base.

 

Exemplos:

-Funcionário chapa 00002:

 Centro de Custos 01.05 - associado à Seção atual: 01.02

 Centro de Custos 01.01 - associado à Seção anterior: 01.03.

 Retorna 1, pois de acordo o centro de custos associado à seção 01.02 é diferente do o centro    de custos associado à seção 01.03.

 

- Funcionário chapa 00005:

Centro de Custos 01.01 - associado à Seção atual: 01.07

Centro de Custos 01.01 - associado à Seção anterior: 01.08

Retorna 0, pois apesar das seções serem diferentes, o centro de custos associado a ambas é o mesmo.

 

 

Função MUDOUSECMES

Retorna se 1 (um) se o funcionário estava no final da competência anterior, em seção diferente da seção atual, caso contrário retorna 0.

            MUDOUSECMES(STRING)

Onde STRING é o código de quebra que será analisado. 

  

 

Exemplo:

                          Seção atual =01.12

Seção anterior =01.03

 

1) MUDOUSECMES ('?????'), neste caso a fórmula retornará =1 (verdade), pois houve mudança de seção na quebra informada na fórmula, 5(cinco) interrogações.

 

2) MUDOUSECMES ('??'), neste caso a fórmula retornará=0 (falso), pois não houve alteração de seção na quebra informada na fórmula, 2(duas) interrogações.

 

 

 

 

 

Função MV

Retorna o somatório dos valores de um evento na ficha financeira num determinado intervalo.

MV (MÊS, ANO, ‘EVENTO’)

 

Observação:

O parâmetro MÊS da variável acima é o seguinte Meses para Pesquisa.

0 - do ano informado

MH (0,2013,'0001')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0001 do ano informado (segundo parâmetro) na ficha financeira.

 

15 - do ano corrente

MH (15,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 na ficha financeira do ano corrente.

 

16 - do período aquisitivo

MH (16,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de horas do evento 0082 conforme o último período Aquisitivo no Histórico de Férias do funcionário.

Para os meses 17, 18, 19 e 20, os cálculo serão verificados em Administração de Pessoal | sindicatos | pasta médias nos campos “Número de Meses”

 

 17 - do período da média de férias;(Tipo de média)

MH (17,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de horas do evento 0082 conforme o período da Média de Férias do sindicato do funcionário. Se no sindicato estiver parametrizado com média do período aquisitivo o sistema retornará o total de horas do evento dentro do período aquisitivo de férias do funcionário.

 

18 - do período da média de 13º; (Tipo de Média)

MH (18,2013,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de 13o Salário do sindicato do funcionário.

19 - do período da média de aviso prévio e;(Tipo Média)

 

MH (19,2013,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de Aviso do sindicato do funcionário.

20 - do período da média de licença maternidade. (Tipo Média)

 

MH (20,2013,'0084')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de Licença Maternidade do sindicato do funcionário

 

 

Função Max

Retorna o maior valor entre dois valores informados.

MAX (VALOR, VALOR)

 

 

Função MEDCOMIS

Retorna o valor da Média de Comissão referente ao campo "Número de Meses" em Administração de Pessoal | Sindicato.

MEDCOMIS (STRING)

 

Observações:

 Onde os valores utilizados para o retorno dos tipos de médias pela MEDCOMIS são:

1 para Férias· 

2 para13º Salário·

3 para Aviso Prévio·

4 para Licença maternidade

5 para Avos Totais de Férias (entre vencidas e proporcionais) ·

- Não deve ser lançado os eventos de comissão para média no grupo zero, porque não será calculado na variável MEDCOMIS, ou seja, as médias deverão sempre ser discriminadas em grupos distintos, sendo do tipo valor, e os eventos de comissão devem estar com o campo "Compõe Comissão" marcado.

- Para o Salário Maternidade a variável MEDCOMIS trará o valor de média de comissão apenas   após o lançamento da movimentação da funcionária afastada.

 

Função MEDCOMISDATA

Retorna o valor da Média de Comissão de acordo com o sindicato e com a data informada.

MEDCOMISDATA (VALOR, VALOR, DATA)

Onde:

VALOR1:

Informar o tipo de média que será calculado.

VALOR2:

Informar o tipo de processo (férias, cálculo da folha ou rescisão) que será calculado.

DATA:

Informar a data que será realizado o cálculo da Média.

 

Observações:

De acordo com a sintaxe MEDCOMISDATA (VALOR1, VALOR2, DATA):

VALOR1 - Neste campo poderão ser usados os seguintes valores de retorno:

1 para Férias

2 para13º Salário

3 para Aviso Prévio

5 para férias proporcionais

 

VALOR2 - Neste campo poderão ser usados os seguintes valores de retorno:

1 para Férias

2 para13º Salário

3 para Rescisão

5 para férias proporcionais

 

DATA - Informar a data que será realizado o cálculo da Média de Comissão, exemplo: TABFUNC ('DATADEMISSAO’), TABFUNC ('INICPROGFERIAS1' ou 0(ZERO) para que o cálculo seja realizado na competência atual.

 

             Exemplos:

MEDCOMISDATA (1, 1, TABFUNC ('INICPROGFERIAS1’, 'D'))

Retorna as médias de Comissão de férias(1) no cálculo das Férias(1) observando o início de gozo do funcionário.

 

MEDCOMISDATA (1 ,3, TABFUNC ('DATADEMISSAO', 'D'))

Retorna as média de Comissão de Férias(1) na rescisão(3), verificando a data de demissão do funcionário.

 

MEDCOMISDATA (2 ,3, 0)

Retorna as médias de Comissão de 13º Salário (2) na Rescisão (3), verificando a data da competência atual.

 

MEDCOMISDATA (3 ,3, TABFUNC ('DATADEMISSAO', 'D'))

Retorna as médias de Comissão de Aviso Prévio (3) na Rescisão (3), verificando a data de demissão do funcionário.

 

 

Função MEDSUBST

Retorna o valor da média de substituição do funcionário, tendo como base o intervalo de datas de substituição informado como parâmetro.

MEDSUBST (‘DATA DE INICIO DO INTERVALO’, ‘DATA DE FIM DO INTERVALO’, ‘NUMERO DE MESES PARA MEDIA ‘)

 

Observação

O número de horas utilizado no cálculo é o número de horas calculado e não mais o informado pelo usuário. Teoricamente, este valor já deve estar na tabela de substituições na hora do cálculo da fórmula. O mesmo é preenchido durante o cálculo da movimentação do funcionário.

 

 

 Exemplo:

Em Administração de Pessoal l Funcionários l ícone visualizar ficha financeira | pasta substituição.

 Suponhamos que o Funcionário substitui dois funcionários:

1) No mês 10/2013, 10 dias (73:20 horas) na função do funcionário 00203.

2) No mês 11/2013, 30 dias (220:00 horas) na função do funcionário 00202.

 

Cadastrar a formula abaixo:

            MEDIASUBST('01/01/2013', '30/11/2013', 11)

 

Demonstração do Cálculo da Fórmula:

Salário hora dos Funcionários Substituídos:

Funcionário 00203: 361,00 / 220 = 1,64

Funcionário 00202: 585,26 / 220 = 2,66

Salário hora do Funcionário Substituido:

185,26 / 220 = 0,84

Transformar o número de horas substituídas em minutos:

73:20 horas = 4400 minutos

220:00 horas = 13200 minutos

Diferença entre o salário hora do substituído e do Substituido:

1,64 - 0,84 = 0,80

2,66 - 0,84 = 1,82

Cálculo da Média:

(4400 / 60) / 11 * 0,80 = 5,33

(13200/ 60) / 11 * 1,82 = 36,36

5,33 + 36,36 = 41,69 (Resultado da fórmula).

 

 

 

 

Função Memoria

Retorna um valor armazenado em memória

MEMORIA (INDEFINIDO)

 

Observações:

-Tipo de retorno: indefinido (de acordo com conteúdo da memória)

-Para atribuir valor a uma memória, deve-se usar a função Atribui.

 

 

Função Mês

Retorna mês de competência.

Mês

 

Função MESCX

Retorna mês-caixa.

MESCX

 

Função MESDT

Retorna o mês de uma data.

MESDT (DATA)

 

 

 Exemplo

 MESDT (22/08/1997)

Retornará ‘8’.

 

 

Função MH

Retorna os minutos de um evento da ficha financeira.

MH (MÊS, ANO, ‘CÓD. DO EVENTO)

 

 

Observação:

O parâmetro MÊS da variável acima é o seguinte Meses para Pesquisa

0 - do ano informado

MH (0,2013,'0001')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0001 do ano informado (segundo parâmetro) na ficha financeira.

 

15 - do ano corrente

MH (15,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 na ficha financeira do ano corrente.

 

16 - do período aquisitivo

MH (16,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de horas do evento 0082 conforme o último período Aquisitivo no Histórico de Férias do funcionário.

Para os meses 17, 18, 19 e 20, os cálculo serão verificados em Administração de Pessoal | sindicatos | pasta médias nos campos “Número de Meses”

 

 17 - do período da média de férias;(Tipo de média)

MH (17,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de horas do evento 0082 conforme o período da Média de Férias do sindicato do funcionário. Se no sindicato estiver parametrizado com média do período aquisitivo o sistema retornará o total de horas do evento dentro do período aquisitivo de férias do funcionário.

 

18 - do período da média de 13º; (Tipo de Média)

MH (18,2013,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de 13o Salário do sindicato do funcionário.

19 - do período da média de aviso prévio e;(Tipo Média)

 

MH (19,2013,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de Aviso do sindicato do funcionário.

20 - do período da média de licença maternidade. (Tipo Média)

 

MH (20,2013,'0084')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de Licença Maternidade do sindicato do funcionário

 

 

 

Função MIM

Retorna o menor valor entre dois valores informados.

MIN (VALOR, VALOR)

 

 

Função Minga

Retorna mínimo garantido pelo sindicato.

MINGA

 

Função MINGADATA

Retorna mínimo garantido pelo sindicato em uma determinada data.

MINGADATA (DATA)

 

Exemplo:

MINGADATA(01/10/2013),

Retornará o valor do mínimo garantido estipulado a partir de 01/10/2013.

 

 

Função MN

Retorna o número de ocorrências de um evento na ficha financeira.

MN (MÊS, ANO, ‘CÓD. DO EVENTO)

 

Observação:

O parâmetro MÊS da variável acima é o seguinte Meses para Pesquisa.

0 - do ano informado

MH (0,2013,'0001')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0001 do ano informado (segundo parâmetro) na ficha financeira.

 

15 - do ano corrente

MH (15,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 na ficha financeira do ano corrente.

 

16 - do período aquisitivo

MH (16,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de horas do evento 0082 conforme o último período Aquisitivo no Histórico de Férias do funcionário.

Para os meses 17, 18, 19 e 20, os cálculo serão verificados em Administração de Pessoal | sindicatos | pasta médias nos campos “Número de Meses”

 

 17 - do período da média de férias;(Tipo de média)

MH (17,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de horas do evento 0082 conforme o período da Média de Férias do sindicato do funcionário. Se no sindicato estiver parametrizado com média do período aquisitivo o sistema retornará o total de horas do evento dentro do período aquisitivo de férias do funcionário.

 

18 - do período da média de 13º; (Tipo de Média)

MH (18,2013,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de 13o Salário do sindicato do funcionário.

19 - do período da média de aviso prévio e;(Tipo Média)

 

MH (19,2013,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de Aviso do sindicato do funcionário.

20 - do período da média de licença maternidade. (Tipo Média)

 

MH (20,2013,'0084')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de Licença Maternidade do sindicato do funcionário

 

 

 

Função MR

Retorna o valor da referência de um evento da ficha financeira.

MR (MÊS, ANO, ‘CÓDIGO DO EVENTO’)

 

Observação:

O parâmetro MÊS da variável acima é o seguinte Meses para Pesquisa.

0 - do ano informado

MH (0,2013,'0001')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0001 do ano informado (segundo parâmetro) na ficha financeira.

 

15 - do ano corrente

MH (15,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 na ficha financeira do ano corrente.

 

16 - do período aquisitivo

MH (16,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de horas do evento 0082 conforme o último período Aquisitivo no Histórico de Férias do funcionário.

Para os meses 17, 18, 19 e 20, os cálculo serão verificados em Administração de Pessoal | sindicatos | pasta médias nos campos “Número de Meses”

 

 17 - do período da média de férias;(Tipo de média)

MH (17,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de horas do evento 0082 conforme o período da Média de Férias do sindicato do funcionário. Se no sindicato estiver parametrizado com média do período aquisitivo o sistema retornará o total de horas do evento dentro do período aquisitivo de férias do funcionário.

 

18 - do período da média de 13º; (Tipo de Média)

MH (18,2013,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de 13o Salário do sindicato do funcionário.

19 - do período da média de aviso prévio e;(Tipo Média)

 

MH (19,2013,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de Aviso do sindicato do funcionário.

20 - do período da média de licença maternidade. (Tipo Média)

 

MH (20,2013,'0084')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de Licença Maternidade do sindicato do funcionário

 

 

 

Função MTDATA

Monta uma data a partir de um dia, um mês e um ano informados.

MTDATA (DIA, MES, ANO)

 

Exemplo:

MTDATA(1,9,2013) = 01/09/2013.

 

 

Função MUDOUCCUSTOMES

Retorna 1 (um) quando o funcionário estava, no fim da competência anterior, em centros de custos diferente do atual. Em caso contrário, a função retorna 0 (zero).

MUDOUCCUSTOMES

 

 

 

             Observações:

- A variável de fórmula MUDOUCCUSTOMES - "Mudou de Centro de Custos no Mês" será utilizada na operação de estorno da contabilização de encargos para os funcionários transferidos entre seções de um mesmo CGC e com centros de custos distintos.

 

- A variável de fórmula MUDOUCCUSTOMES para efeitos de comparação, considera os centros de custos associados às seções onde o funcionário estava lotado no fim das competências atual e anterior. Se o funcionário mudou para uma seção diferente no início da competência atual e retornou para a mesma seção em que estava lotado no fim da competência anterior, o resultado da função retornará Falso (zero).

- Os centros de custos considerados são centros de custos do RM Labore. A variável MUDOUCCUSTOMES não compara mudanças de centros de custos de Globais.

- Quando a variável MUDOUCCUSTOMES for utilizada na Folha Analítica ou Contabilização o sistema irá verificar o mês e ano informado na geração dos relatórios invés do mês e ano da competência da base.

 

Exemplos:

-Funcionário chapa 00002:

 Centro de Custos 01.05 - associado à Seção atual: 01.02

 Centro de Custos 01.01 - associado à Seção anterior: 01.03.

 Retorna 1, pois de acordo o centro de custos associado à seção 01.02 é diferente do o centro    de custos associado à seção 01.03.

 

- Funcionário chapa 00005:

Centro de Custos 01.01 - associado à Seção atual: 01.07

Centro de Custos 01.01 - associado à Seção anterior: 01.08

Retorna 0, pois apesar das seções serem diferentes, o centro de custos associado a ambas é o mesmo.

 

 

Função MUDOUSECMES

Retorna se 1 (um) se o funcionário estava no final da competência anterior, em seção diferente da seção atual, caso contrário retorna 0.

            MUDOUSECMES(STRING)

Onde STRING é o código de quebra que será analisado. 

  

 

Exemplo:

                        Seção atual =01.12

Seção anterior =01.03

 

1) MUDOUSECMES ('?????'), neste caso a fórmula retornará =1 (verdade), pois houve mudança de seção na quebra informada na fórmula, 5(cinco) interrogações.

 

2) MUDOUSECMES ('??'), neste caso a fórmula retornará=0 (falso), pois não houve alteração de seção na quebra informada na fórmula, 2(duas) interrogações.

 

 

 

Função MV

Retorna o somatório dos valores de um evento na ficha financeira num determinado intervalo.

MV (MÊS, ANO, ‘EVENTO’)

 

Observação:

O parâmetro MÊS da variável acima é o seguinte Meses para Pesquisa.

0 - do ano informado

MH (0,2013,'0001')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0001 do ano informado (segundo parâmetro) na ficha financeira.

 

15 - do ano corrente

MH (15,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 na ficha financeira do ano corrente.

 

16 - do período aquisitivo

MH (16,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de horas do evento 0082 conforme o último período Aquisitivo no Histórico de Férias do funcionário.

Para os meses 17, 18, 19 e 20, os cálculo serão verificados em Administração de Pessoal | sindicatos | pasta médias nos campos “Número de Meses”

 

 17 - do período da média de férias;(Tipo de média)

MH (17,0,'0082')

Esta fórmula retorna o total de horas do evento 0082 conforme o período da Média de Férias do sindicato do funcionário. Se no sindicato estiver parametrizado com média do período aquisitivo o sistema retornará o total de horas do evento dentro do período aquisitivo de férias do funcionário.

 

18 - do período da média de 13º; (Tipo de Média)

MH (18,2013,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de 13o Salário do sindicato do funcionário.

19 - do período da média de aviso prévio e;(Tipo Média)

 

MH (19,2013,'0082')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de Aviso do sindicato do funcionário.

20 - do período da média de licença maternidade. (Tipo Média)

 

MH (20,2013,'0084')

Esta fórmula retorna o total de minutos do evento 0082 conforme o período da Média de Licença Maternidade do sindicato do funcionário

 

 

Fórmulas / Funções – N
 


Função N

Retorna número de horas de um evento, que é procurado no movimento atual do funcionário (mês/ano de competência). N (‘CÓD. DO EVENTO’)

 

Exemplo:

N (‘CÓD. DO EVENTO’)

            (N(‘001’) /N(‘002’))

O número de horas do evento de código 001 será dividido pelo número de horas do evento de código 002.

 

 

 

Função NCFIX

Retorna número de vezes de um código fixo.

NCFIX (STRING)

 

Exemplo:

NCFIX (‘0096’)

Irá retornar o valor do campo “número de vezes do lançamento” do evento cadastrado no Códigos Fixos do funcionário.

 

Função ND

Retorna número de dias trabalhados, considerando data de admissão, afastamento e demissão.

ND- retorno valor

 

 

Função NDDSRPER

Retorna a quantidade de domingos, sábados e feriados conforme calendário da seção, verificando admissão, férias, afastamento e demissão.

(DATA, DATA, STRING)

 Onde:

 Data = Data Inicio

 Data = Data Fim

 Parâmetros Gerais(String)= Para considerar os sábados deverá informar 1, caso contrário deverá informar 0.

 

Exemplo:

NDDSRPER (01/01/2013, 31/01/2013, 1) =8

 

            NDDSRPER (01/01/2013, 31/01/2013, 0) =4

 

 

Função NDDSRHOR

Retorna os dias de compensado, descanso e feriado verificando o histórico do horário do funcionário no mês competência.

NDDSRHOR (STRING)

Onde

Informe 1 se deseja considerar a compensação como dia útil, caso contrário informe 0.

 

Atenção:

-A variável verifica admissão, demissão, afastamento, férias, histórico de seção e histórico de    horário.

            -Na rescisão para o próximo mês verifica os dias da competência da rescisão.

 

 

 

 

Função NDEP

Retorna o número de dependentes que tem determinada incidência marcada

NDEP

 

Exemplo:

A incidência 2 – “Presentes de Natal” está marcada para 3 dos 4 dependentes de um funcionário e na fórmula está pedindo o seguinte - NDEP (2) - o resultado será 3.

 

 

 

Função NDDIRFERIAS

Retorna o número de dias de direito de férias.

NDDIRFERIAS

 

 

Função NDEPCORRENTE

NDEPCORRENTE

 

É uma variável que retorna o número do dependente corrente. Esta variável só deverá ser usada em fórmulas que serão executadas no "movimento | cálculo da pensão alimentícia", pois somente neste cálculo é passado o parâmetro para determinar o dependente corrente. Como no cálculo de pensão o sistema está analisando cada dependente, então faz sentido querer saber qual o dependente corrente, o que não acontece em outros lugares do sistema.

 

 

Função NDEPIDADE

Esta função retorna a idade do dependente.

NDEPIDADE (VALOR, DATA)

Onde

Valor =Número do Dependente

Data= Data Referencia

 

Exemplo:

Funcionário: João da Silva

Dependente 1: Data de nascimento 10/01/1990

Dependente 3: Data de nascimento 15/05/1928

Fórmulas

A) NDEPIDADE (1,’22/06/2013’) Resultado = 23 anos

B) NDEPIDADE (1,’01/01/2013’) Resultado = 22 anos

C) NDEPIDADE (3,’14/05/2013’) Resultado = 14 anos

D) NDEPIDADE (3,’15/05/2013’) Resultado = 15 anos

 

 

 

Função NDEPIDINT

Retorna o número de dependentes de um determinado grau de parentesco em um determinado intervalo de idade.

NDEPIDINT (STRING, VALOR, VALOR)

 

Onde

String =Grau

Valor =Idade Inicial

Valor=Idade Final

 

Exemplo:

NDEPIDINT ('1', 10, 50)

O funcionário testado tem 4 dependentes com as seguintes idades 33,27,85,80.

Ao testar a formula foi retornado 2, indicando que o funcionário tem 2 dependente com idades   entre 10 e 50.

 

 

 

Função NDEPLIQUIDO

Esta função retorna o rendimento líquido do funcionário para um dependente específico, ou seja, o somatório de todos os proventos subtraído do somatório de todos os descontos, excluindo aqueles que foram indicados na pasta "eventos não considerados" da ficha do dependente. O número do dependente é o único parâmetro utilizado nesta função.

NDEPLIQUIDO(Valor )

 

Exemplo:

Sugestão de fórmula para cálculo de pensão sobre o rendimento líquido mensal.

 

DECL VALOR,CONT;

DECL RB, CP, PERC;

 

SETVAR (RB, NDEPBRUTO (NDEPCORRENTE) );

SETVAR (CP, TI(A('01')));

SETVAR (PERC, TABDEP('PERCENTUAL' , 'V', NDEPCORRENTE) / 100 );

 

REPITA

SETVAR (VALOR, PERC * (RB - CP – TR (RB - CP - VALOR)));

SETVAR (CONT, CONT+1)

ATE CONT = 7;

SE PERC > 0 ENTAO

VALOR / PERC

SENAO

0

FIMSE

 

 

 

Função NDEPBRUTO

Esta função retorna o rendimento bruto do funcionário para um dependente específico, ou seja, o somatório de todos os proventos excluindo aqueles que foram indicados na pasta "eventos não considerados" da ficha do dependente. O número do dependente é o único parâmetro utilizado nesta função.

NDEPBRUTO (Valor)

 

 

Função NDEPIR

Número de dependentes de IRRF em uma determinada data.

NDEPIR(Data)

 

Exemplo:

NDEPIR ('01/01/2013')

De acordo com esta fórmula o sistema irá retornar a quantidade de dependentes de IRRF em   01/01/2013, verificando o Histórico de Dependentes no cadastro do Funcionário.

 

 

 

 

Função NDEPSF

Número de dependentes de Salario Família em uma determinada data.

NDEPIR(Data)

 

Exemplo:

 NDEPIR ('01/01/2013')

De acordo com esta fórmula o sistema irá retornar a quantidade de dependentes de SALÁRIO FAMÍLIA em 01/01/2013, verificando o Histórico de Dependentes no cadastro do Funcionário.

 

 

 

Função NDEPSFAMRET

Número de dependentes de Salário Família Retroativo.

NDEPSFAMRET (PARÂMETRO)

Onde

Parâmetro 0 - retorna o total de dependentes com direito ao salário família, mas que não entregaram o cartão de vacina e/ou atestado de frequência escolar. ·

Parâmetro 1 - retorna o valor monetário relativo ao pagamento devido de salário família dos dependentes que não entregaram o cartão de vacina e/ou atestado de frequência escolar.

 

Observação:

Para funcionários que recebem acima do teto para pagamento de salário família o tratamento pode ser feito na fórmula.

 

 

 

Função NDFALT

Retorna o número de dias de faltas no período aquisitivo. A variável NDFALT é utilizada somente para buscar o número de faltas dentro do último período aquisitivo em aberto baseado na data de vencimento de férias registrada no cadastro de Férias do funcionário.

NDFALT

 

 

Exemplo:

Período Aquisitivo de Férias do funcionário:

01/06/2012 a 31/05/2013

Faltas: 05 dias em 04/2012 (antes período aquisitivo)

02 dias em 07/2012 (dentro do período aquisitivo)

10 dias em 10/2013 (após período aquisitivo).

O resultado da fórmula será 2 dias de faltas.